TCC - História - Licenciatura

URI Permanente para esta coleção

ILAACH - Centro Interdisciplinar de Antropologia e História - Licenciatura em História

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 20 de 81
  • Item
    Contexto histórico nas interações migratórias de fronteira.
    (2022) Chichoski, Liane Moisinho Frois
    O presente trabalho busca fazer uma análise histórica do município de Foz do Iguaçu - Paraná e identificar a influência do migrante nesta cidade de fronteira, contextualizando com os slogans “Fronteira da Paz e Diversidade nosso patrimônio”. Assim, o estudo busca verificar a necessidade de criação e efetivação de políticas públicas voltadas à população migrante e, acima de tudo, trata-se de um resgate histórico e geográfico do território que ocupa um lugar estratégico no coração da América Latina. A pesquisa, de cunho qualitativo, foi realizada a partir de revisão bibliográfica e a coleta foi realizada por meio de pesquisa documental na Secretaria Municipal de Educação. A pesquisa conduziu à conclusão de que na cidade de Foz do Iguaçu, os migrantes, sejam eles refugiados ou mesmo aqueles que migram por vontade própria, contam com a proteção legal da Lei do Migrante 13.445/17, o que permite a assistência aos migrantes em situação de vulnerabilidade, a adequação e aproveitamento dos estudos realizados fora do país e as garantias sociais de direitos previstas na Constituição Federal de 1988.
  • Item
    A história atlântica por meio da transcrição e estudo do “Precatório de Rodrigo Aires” (final do século XVI e início do XVII).
    (2024) Vargas, Melissa Moura
    O presente trabalho consistiu na transcrição paleográfica e estudo do manuscrito “Precatório de Rodrigo Aires” (31/03/1601-26/01/1604), localizado no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, processo número 13312, com 52 fólios. O trabalho foi desenvolvido no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), no Projeto de Pesquisa “Domínio, soberania e império: As origens ibero-atlânticas da modernidade e do Ocidente”, sob a orientação do Prof. Dr. Rodrigo Bonciani. A transcrição e análise do documento foi aceita para publicação na Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (RIHGB), prevista para edição de maio de 2024.Trata-se de uma juntada de documentos decorrente de uma ordem de pagamento do Santo Ofício em benefício da mãe do pombeiro Aires Fernandes, Maria Fernandes, como sua herdeira, representada por outro filho, Rodrigo Aires. O processo se desenvolveu entre 1595 e 1604: em Luanda, a cargo do provisor eclesiástico Manuel Rodrigues Teixeira; na ilha de São Tomé, conduzido pelo bispo Francisco de Vila Nova; na Inquisição de Lisboa; e na cidade de Salvador, Reino do Congo, por despacho do bispo dom frei Miguel Rangel. O período foi o início de um processo que Linda M. Heywood e John K. Thornton denominaram a “Onda Angola”, em que o tráfico de escravos dessa região superou o da África Ocidental. O “Precatório” revela detalhes sobre este comércio, tanto em suas conexões atlânticas como nos sertões africanos, e o envolvimento de diferentes agentes e instituições: governadores gerais; contratadores; autoridades civis e religiosas; chefes e escravizados africanos; e a própria Inquisição. A transcrição e a publicação deste documento fazem parte do projeto Inquisição em África, desenvolvido em parceria com a professora doutora Vanicléia Silva Santos (Universidade Federal de Minas Gerais e Penn Museum).
  • Item
    Diálogos interculturais: uma análise histórica das representações dos povos originários no heavy metal
    (2022) Pina Junior, Marcelo Aparecido
    O presente trabalho de conclusão de curso faz uma análise histórica das produções artísticas das bandas Miasthenia e Arandu Arakuaa, de Black Pagan Metal e Metal Indígena respectivamente. O objetivo é entender de que forma essas bandas brasileiras de estilo Heavy Metal dialogam com elementos das culturas originárias e para isso, a análise foca em perceber o processo de apropriação e assimilação dos elementos culturais e estéticos que esses grupos musicais produzem. Com isso, o artigo analisou e catalogou as músicas, encartes de álbuns, videoclipes e suas temáticas líricas, a fim de abranger o máximo possível suas produções na análise, entendendo o movimento que cada grupo faz referente à temática de acordo com o segmento que se segue dentro do Heavy Metal. É importante ressaltar que a análise levou em consideração o contexto histórico que as bandas estão inseridas para o estudo.
  • Item
    Povos indígenas e natureza nontra a pandemia: algumas possibilidades factíveis
    (2023) Almeida, Maira Cristina Chena de
    A pandemia da covid-19 vem assolando o mundo e afetando de muitas formas os diferentes grupos sociais. Os povos indígenas vêm enfrentando uma luta dobrada nesse cenário, pois a pandemia foi o momento utilizado pelo governo para propagar sua política anti-indígena, genocida e racista. A partir desse contexto, o presente artigo analisa o enfrentamento da pandemia da Covid-19 pelos povos indígenas tendo na relação com a natureza sua principal força. As pesquisas bibliográficas e o trabalho de extensão que desenvolvemos com o povo Guarani, revelaram que a forma como esses povos se relacionam com a natureza é crucial para o equilíbrio ecológico e não propagação de epidemias e pandemias dessa natureza e que o sistema capitalista é o grande propulsor de enfermidades pois ele atua em desacordo com o “metabolismo” da natureza, além de que ele explora recursos naturais desordenadamente com o único objetivo de gerar lucro.
  • Item
    História local e consciência histórica: investigando a aprendizagem de jovens estudantes de Foz do Iguaçu sobre a história da construção de Itaipu e seus impactos
    (2023) Lima, Larissa Souza de; Souza, Eder Cristiano de
    A pesquisa teve início dentro do Pibid (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência), entre 2020 e 2021, quando foi trabalhada, em sala de aula, a temática da História da construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu, com ênfase na questão dos povos indígenas que viviam às margens do Rio Paraná e foram desalojados pelo alagamento decorrente da construção da barragem. Esse estudo teve continuidade na Iniciação Científica, a partir de 2022, quando foi desenvolvida uma investigação que partiu de uma sequência de aulas sobre a temática indicada, tendo como objetivos a conscientização a respeito da temática indígena ao público jovem e a mobilização da consciência histórica dos estudantes por meio dos conceitos teóricos de Significância Histórica, Evidência Histórica, Empatia Histórica e Dimensão Ética, a partir dos estudos de Seixas e Morton (2013). As aulas problematizaram como as narrativas produzidas pelos meios de comunicação analisados, acerca do ocorrido, dão maior ênfase ao progresso trazido pela construção da usina hidrelétrica e acabam invisibilizando as populações indígenas que habitavam as terras inundadas pelo lago de Itaipu. A investigação teve como objetivo analisar as narrativas produzidas pelos alunos ao final da aplicação da sequência de aulas, que ocorreu no Colégio Flávio Warken, no ano de 2022, em uma turma de 8º ano, considerando os conceitos trabalhados e buscando refletir acerca da importância da História Local para o ensino, pois, de acordo com Fernandes (1995), a História Local rompe com a visão hegemônica da história, abordando peculiaridades e especificidades regionais, assim como a pluralidade étnico-cultural presente na história do Brasil. As atividades foram analisadas buscando-se identificar se os estudantes, a partir das aulas e do conteúdo trabalhado em sala de aula, demonstraram, em suas produções, empatia e conscientização acerca da temática indígena, percebendo as injustiças e, até mesmo, a violência sofrida por essas populações ao longo da história. Também buscou-se identificar a aprendizagem histórica, assim como elementos da consciência histórica desses jovens em relação à temática e às problemáticas envolvidas. Após a leitura e análise das narrativas, foi possível constatar a mobilização da consciência histórica por parte dos estudantes, que compreenderam a dimensão histórica e as implicações atuais da questão. Considerando serem jovens estudantes em uma turma de 8º ano, foi importante observar como trataram das temáticas abordadas levando em conta sua subjetividade, havendo, no total, onze produções textuais resultantes da oficina, das quais, cinco citam os indígenas e denunciam a perda de seu território, e seis deram enfoque à construção da usina, sua importância e trouxeram dados históricos desse processo. Portanto, ao trabalhar conteúdos historiográficos em sala de aula, como explica Assis (2010), devemos fazer uma ponte entre presente, passado e futuro, não sendo uma mera descrição do passado. O objetivo dessa ponte é que o conteúdo tenha sentido para o aluno, o oriente para suas ações em seu meio de vivência e desenvolva sua autonomia.
  • Item
    Uma cidade em silêncio: as memórias das Sete Quedas em Guaíra
    (2023) Moreira da Silva, Rubia Primo; Uhle, Ana Rita
    Esta pesquisa visa analisar como a cidade de Guaíra enfrentou o silêncio, a ausência e o sentimento de perda do seu patrimônio natural, especificamente as Sete Quedas, após a inundação do Parque Nacional Sete Quedas devido à construção do Reservatório da Usina Hidrelétrica de Itaipu em 1982. Pretendo também explorar a resistência da comunidade e o movimento Quarup contra o alagamento das Sete Quedas. A análise se concentra na transformação de Guaíra antes e depois do alagamento, e na importância das Sete Quedas como atração turística para a cidade. Mesmo após o alagamento em nome do progresso, as memórias desse patrimônio natural ainda persistem na cidade. Atualmente, resquícios desse patrimônio natural são preservados por meio de instituições como o Museu Sete Quedas e o Cine Teatro Sete Quedas, assim como por vários outros estabelecimentos que adotaram o nome Sete Quedas. Gondar e Dodebei (2005) argumentam que as pessoas preservam o que amam e amam o que conhecem, enfatizando que a memória é um conjunto de representações. Essas escolhas demonstram a estratégia adotada pelos habitantes de Guaíra para lidar com a perda, mantendo viva a herança histórica e conservando as memórias da comunidade.
  • Item
    O sofrimento psíquico na carreira acadêmica e as práticas integrativas na promoção da saúde mental de estudantes na UNILA
    (2023) Loures da Silva, Maykon Cesar; Conceição, Juliana Pirola da
    O artigo propõe analisar o sofrimento psíquico entre estudantes universitários e os resultados obtidos com a promoção de práticas integrativas e complementares em saúde mental na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). A metodologia da pesquisa envolveu a análise de documentos e relatórios da Seção de Psicologia, produzidos entre os anos de 2019 a 2021; e a aplicação de questionários entre os estudantes da UNILA em 2023. Para a análise desse corpo documental, tomou-se como referência a Teoria Crítica da Sociedade, apontada pelos estudos de Bárbara Santos (2021) e Heribaldo Maia (2022).
  • Item
    A colonização das Américas sob o ponto de vista europeu: um estudo sobre narrativas hegemônicas a partir de livros didáticos
    (2023) Rocha, Pedro Iago Barros; Conceição , Juliana Pirola da
    Este trabalho de conclusão de curso, tem por finalidade analisar livros didáticos de história da Espanha, buscamos analisar dois livros de Bachilerato, curso pós obrigatórios do ensino regular do país. Para definirmos o objeto livro didático utilizamos os pesquisadores referência no assunto, o pesquisador francês Alain Choppin (2004) e a pesquisadora brasileira Circe Maria Fernandes Bittencourt (1993).
  • Item
    Educação e ordem: um estudo de caso em uma escola cívico-militar do oeste paranaense
    (2023) Vieira da Silva, Maria Carolina
    Este artigo explora o fenômeno das escolas cívico-militares no Brasil, com foco em um estudo de caso realizado em um colégio desse modelo na região oeste paranaense. A pesquisa é motivada pela crescente adesão a esse tipo de ensino e pela necessidade de compreender suas implicações, buscando entender por que esse modelo restritivo tem atraído educadores e a comunidade escolar. Foram realizadas entrevistas com professores que atuam no sexto ano do ensino fundamental e com a direção escolar, além da análise do Projeto Político Pedagógico da escola. Tal análise revelou características específicas de uma instituição militarizada, como a ênfase na disciplina e hierarquia. Os resultados apontam para a complexidade das percepções dos professores e para a necessidade de considerar os impactos deste modelo tão restritivo e disciplinador na vida de um adolescente em formação. Este estudo contribui para o entendimento dos colégios cívico-militares no Paraná, destacando questões relacionadas à adesão, implementação e perspectivas dos educadores.
  • Item
    Metodologia da aula histórica no ensino de história para jovens estudantes: o caso da Palestina e Israel
    (2023) Lima, Gustavo Alves; Sanches, Tiago Costa
    O presente artigo busca investigar como a aula histórica possibilita a aprendizagem histórica dos alunos. Para isso, aplicamos a metodologia da aula histórica proposta por Schmidt (2017) e Gevaerd (2020) que utiliza as concepções de Rüsen (2001) sobre a aprendizagem histórica. Para a aula, escolhemos o conteúdo sobre a disputa entre Israel e a Palestina. A aula histórica foi aplicada em uma escola do sul de Foz do Iguaçu, no Paraná, para uma turma do 1° ano A do Ensino Médio Técnico. A principal hipótese é que a metodologia da aula histórica contribui para o aprendizado histórico ao promover a pesquisa histórica entre os estudantes levando em consideração as carências de orientação temporal dos alunos. Iremos expor neste artigo a experiência da aula-histórica como metodologia para o aprendizado desse passado, além da compreensão de como a pesquisa histórica opera.
  • Item
    Política de instauração dos colégios cívico-militares no estado do Paraná
    (2023) Santos, Jenifer Tatiane dos; Morales, Lívia
    O surgimento das escolas cívico-militares no Brasil e seu prolongamento de expansão por todos os estados tem sido de grande preocupação para os pesquisadores do assunto. Sabe-se que, mediante o cenário caótico conservador e reacionário dos atuais governos, a escola cívico-militar tem se mostrado uma opção extremamente viável, mostrando à sociedade que esse tipo de escola pode servir para “consertar filhos problemáticos”. Esta pesquisa busca refletir sobre essas instituições escolares no estado do Paraná por uma perspectiva histórica sobre o ensino público no Brasil, em específico durante o governo atual e como ela reflete no meio social. Como metodologia entende-se ser necessária uma produção textual a partir de pesquisa bibliográfica.
  • Item
    "Eu tava na Minha casa, sem Pensá, sem Imaginá": os Capoeiras entre a Marginalidade e a Guerra do Paraguai
    (2022) Fernandes, Anderson da Silva; Uhle, Ana Rita
    Este trabalho busca compreender a memória da presença afro-brasileira na Guerra do Paraguai, a partir do cruzamento de: fontes orais (canções de capoeira), historiografia relacionada ao tema, e fontes de jornais durante os anos 1860-1870 , e entender porque essas memórias persistem em aparecer no universo da capoeira. As memórias presentes nas canções e no ensino da capoeira, por vezes tratam-se de memórias que foram subalternizadas dentro da construção da memória oficial, e que em oposição a ela reivindicam seu espaço. Esse espaço reivindicado pelas memórias da capoeira, é o espaço das populações afro-brasileiras como ativas e participantes da História e das transformações sociais de seu tempo. Os capoeiras, homens negros, livres e escravizados, que foram marginalizados pelo sistema escravocrata dentro do século XIX, não se renderem a repressão imposta, e causaram terror nas elites, principalmente na cidade do Rio de Janeiro. Pelas memórias das canções, e da oralidade da capoeira, e por outros vestígios do passado, recrutar os praticantes de capoeira para a guerra, possivelmente era uma forma de resolver dois problemas para a sociedade imperial do período: sendo o primeiro diminuir os conflitos gerados pelos capoeiras com as forças da ordem, que provocavam terror nas elites, e o segundo conseguir atender as demandas de contingente para os batalhões que seguiram para o maior conflito armado do nosso continente.
  • Item
    A África tem História: Encobrimento Europeu e a Perspectiva Africana no Pensamento de Joseph Ki-Zerbo sobre a Historicidade Africana
    (2023) Santos, Yara Soares dos
    No momento que a Europa passava por um processo de cientificação de suas ciências humanas, especialmente a História, ao longo dos séculos XIX e XX. O continente africano, além de estar resistindo e lutando contra o imperialismo tardio em seus territórios, os africanos e afrodescendentes se articula intelectualmente pela a libertação do continente, surgindo assim, um dos maiores movimentos anti-imperialista, o Pan-Africanismo, lutando pela libertação e emancipação territorial da África e no mundo das ideias. É dentro deste contexto que Joseph Ki-Zerbo desenvolve seu pensamento de uma perspectiva africana para a escrita da história do continente, que até então, era escrita por europeus, segundo suas interpretações sobre o continente, embasado no eurocentrismo. Então esse trabalho pretende apresentar como a África era retratada pelos europeus, o movimento intelectual africanista, que atuaram para escrever uma nova história da África, com ênfase ao pensamento Ki-Zerbo, que traz uma nova perspectiva de escrita da história africana.
  • Item
    Aprendizagem Histórica e Pedagogia da Memória: Possíveis Diálogos a partir do Programa Educativo Jóvens y Memoria: Recordamos para el Futuro
    (2023) Lima, Bárbara Ferreira de
    Este trabalho pretende aproximar o processo de aprendizagem histórica, preconizado pela Didática da História, à proposta da pedagogia da memória, empreendida pelo programa educativo Jóvenes y Memoria: recordamos para el futuro, organizado pela Comisión Provincial por la Memoria da província de Buenos Aires. Para isso, a análise se dedicará à compreensão do planejamento institucional do programa e de suas etapas teórico-metodológicas, ambos apresentados no informe “20 años del programa Jóvens y Memoria” (2021) e na convocatória e cronograma de etapas do ano de 2023. Para assim, buscar semelhanças entre as propostas, em que se destaca a centralidade da construção de narrativas históricas e elaborações de memórias, baseadas no cotidiano e na comunidade local, e a mobilização, em seu sentido emancipatório, das consciências históricas associadas à vida prática dos jovens. Em que foi possível observar o enfoque semelhante que ambas perspectivas outorgam à temporalidade passado-futuro a partir da transformação do presente para deslumbrar horizontes de expectativas.
  • Item
    O Capital Financeiro e o Neoliberalismo: um Novo Marco na Expansão do Ensino Superior no Brasil
    (2023) Oliveira, Matheus de
    O objetivo deste artigo é compreender as razões da expansão da educação superior no Brasil, entre os anos de 1990 e 2010, retomando o período histórico anterior que gerou a crise capitalista e desencadeou transformações na disputa entre capital e trabalho, que acarretou em reformas institucionais do Estado na educação, em específico a do ensino superior. O Banco Mundial foi um dos direcionadores dessas mudanças, sendo instrumentalizado por um compromisso de desregulamentação e financeirização do Estado. Realizado a partir de uma análise documental e estatística, os impactos e desdobramentos de duas décadas de políticas neoliberais na educação superior, na formação de oligopólios na educação, como consequência da transferência de fundos públicos ao setor privado, consolidam assim, um novo ethos educacional subordinado pelas dinâmicas do capital financeiro.
  • Item
    O Suporte Pedagógico aos Estudantes com TDAH no Ensino Superior: Reflexos de uma Estudante com TDAH
    (2023) Roberto Silva, Julia Maria
    O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade é um transtorno de neurodesenvolvimento, que é classificado em três categorias, que são: desatenção, hiperatividade/impulsividade e combinado. O TDAH é identificado com mais facilidade na infância, e na vida adulta algumas características afetam a vida pessoal, profissional, e acadêmica do sujeito. É comum que o diagnóstico de TDAH seja realizado com mais frequência na infância. Na fase da educação infantil os professores já indicam alguns sinais apresentados por seus alunos, facilitando a identificação precocemente. O mesmo não ocorre com adolescentes e adultos com TDAH, em especial, aos que sem o diagnóstico, frequentam o ensino superior. Estes enfrentam dificuldades quanto ao seu desempenho acadêmico na universidade, resultando em problemas de aprendizagem e baixo rendimento, consequentemente, resulta em grandes frustrações. O objetivo desse trabalho é analisar qual suporte pessoas com TDAH recebem no ensino superior, e apontar, a escassez de produção bibliográfica relacionada a apoio pedagógico aos estudantes com TDAH no ensino superior. Tendo em vista, que a falta de adaptações para estudantes, acabam prejudicando seu rendimento acadêmico, causando danos emocionais e evasão.
  • Item
    Ensino de História: Consciência Histórica como Ferramenta Pedagógica para uma Educação Emancipatória
    (2023) Raymundo, Lívila Alessandra dos Santos
    A presente pesquisa buscou apresentar e defender a importância da aprendizagem histórica, do ensino de história, para a vida e, principalmente, para o atual cenário educacional brasileiro, desvendando seu caráter de orientação e impulso à mudança e tendo o conceito de trauma como núcleo. Para o trabalho foram utilizadas fontes bibliográficas sobre memória, identidade, pertencimento e didática da história. Por ser um conceito amplamente utilizado pela Psicanálise, ao longo do trabalho buscou-se nessa psicologia um aporte, ainda que superficial, para entender como o trauma opera na psique humana e, a partir dessa apreensão, analisar quais ações, seja no campo mais amplo da historiografia ou no universo mais particular da sala de aula, de fato, colocam a memória dessas experiências de violência em movimento, transcendendo assim a ideia de catástrofe e almejando a reconciliação histórica. Foi por meio de analogias entre duas áreas distintas que a pesquisa percorreu um longo caminho até a elaboração do que poderia ser descrito enquanto um manifesto em defesa de uma educação compromissada com o pensamento crítico, mas que também esteja interessada em todas as construções sociais que atravessam o campo pedagógico, compreendendo a dimensão social, emocional e identitária que envolve os estudantes no processo de aprender história.
  • Item
    O Ensino e Aprendizagem da História em Livros Didáticos do Novo Ensino Médio
    (2023) Marques, Verônica
    Este trabalho tem como objetivo analisar a reforma curricular implementada no Novo Ensino Médio no Brasil a partir de 2022, focando na análise de um dos volumes da coleção de material didático "Identidade Em Ação", produzida pela Editora Moderna e selecionada pelo PNLD 2021. Além disso, é apresentada uma breve contextualização do novo modelo de Ensino Médio que está sendo implantado. A investigação do material é embasada nos estudos de Jörn Rüsen sobre a Didática da História, que enfatiza o papel da História na vida prática dos estudantes e estabelece como objetivo da aprendizagem histórica a formação humanista. Os critérios utilizados para analisar o livro didático seguem os tópicos propostos por Rüsen no artigo "O Livro Didático Ideal" (2010). Após a análise, conclui-se que o volume analisado, destinado aos estudantes do Novo Ensino Médio, apresenta de acordo com a perspectiva ruseniana, poucas contribuições para uma reflexão aprofundada sobre os acontecimentos históricos, limitando o processo de construção da consciência histórica.
  • Item
    Medida Provisória e o Cinema Nacional: uma Nova Possibilidade de Representação
    (2023) Gomes, Barbara Balena
    A necessidade de uma indústria cinematográfica que represente a população brasileira de uma forma não estereotipada e pejorativa é de vital importância. O presente trabalho con siste em uma pesquisa qualitativa junto de um referencial teórico que tem como objetivo uma análise crítica do cinema enquanto fonte histórica, para melhor compreender os com portamentos e contextos aos quais a sociedade está sujeita e a forma com que o mesmo responde ao racismo institucional e estrutural que impera na sociedade. Partindo da pre missa de que o cinema nacional é uma extensão da sociedade, notou-se que a teoria do branqueamento e o mito da democracia racial por muito tempo representou uma socieda de brasileira que historicamente ignorou a presença negra como sendo fundamental para a construção do país. O filme Medida Provisória (2020) é utilizado como um objeto de pesquisa que elucida a representação negra dentro do cinema e possui uma relevância política e social para os filmes futuros. Também busca recuperar a identidade e o espaço dos negros e negras dentro da indústria do audiovisual brasileiro, tendo como objetivo uma maior representação racial e uma mudança social urgente.
  • Item
    La Educación Intercultural Bilingüe del Pueblo Pemón dentro de la Localidad de Santa Elena de Uairén, Venezuela
    (2023) Marcano Chacón, Manuel Alejandro
    El pueblo Pemón es uno de los mayores pueblos indígenas en Venezuela, una de sus principales características es su alto nivel de organización en la lucha para el reconocimiento de sus derechos como pueblo originario. El derecho a una educación escolar propia ha sido una de las principales reivindicaciones sostenida por este pueblo a lo largo del tiempo. En Venezuela la Ley Orgánica de Educación de 2009 reconoció el derecho a la educación intercultural bilingüe obligatoria en zonas indígenas. A pesar de significar un avance, la crisis política y económica ocurrida en Venezuela a partir de 2013 dio lugar a numerosas vulneraciones de derechos educativos hacia las poblaciones Pemón. En este artículo buscamos identificar, a partir del análisis de fuentes primarias tanto orales como escritas, la evolución de la educación indígena Pemón y su estado actual, concluyendo que el proyecto de Educación Escolar Indígena Pemón se ha deteriorado y amenaza con fracasar.