Bem-vindo ao RIUNILA. Este é o repositório digital da UNILA, construído para indexação, preservação e compartilhamento da produção intelectual da UNILA em formatos digitais como: imagens, artigos, teses, dissertações e vídeos.

Welcome to RIUNILA. This is UNILA's digital repository, built for indexing, preserving and sharing UNILA's intellectual production in digital formats such as: images, articles, theses, dissertations and videos.

Bienvenidos a RIUNILA. Este es el repositorio digital de UNILA, creado para indexar, preservar y compartir la producción intelectual de UNILA en formatos digitales como: imágenes, artículos, tesis, disertaciones y videos.

 

Comunidades no DSpace

Selecione uma comunidade para navegar por suas coleções

Agora exibindo 1 - 6 de 6

Submissões Recentes

Item
As mulheres de véu no grafite: a arte como instrumento de representação das muçulmanas contra a islamofobia.
(2024) Eroud, Aicha de Andrade Quintero
Este estudo tem por escopo a verificação da importância do véu islâmico para as mulheres muçulmanas, delineando questões que envolvem a islamofobia e a hijabofobia, terminologia trabalhada pela Antropóloga Francirosy Campos Barbosa. Para tanto, utiliza-se um olhar voltado para o grafite como arte produzida por mulheres muçulmanas que usam o véu islâmico, como instrumento efetivador da manifestação religiosa como Direito Humano, e que contrapõe o orientalismo no Brasil. Para edificar este estudo são colecionadas revisões bibliográficas sobre o tema, com o fito de visualizar demais estudos e coletar informações sobre o uso do véu islâmico sob a perspectiva da agência feminina, conceito proposto pela Antropóloga Sabah Mahmood. Também, parte-se dos estudos de Edward Said para compreender o fenômeno do Orientalismo. No decorrer deste trabalho apresenta-se o grafite enquanto objeto artístico trabalhado por mulheres muçulmanas, como a Najdaty Andrade, do Brasil, que se apresenta como um importante meio de construção de uma representação autônoma da mulher que usa o véu islâmico na sociedade. Para tanto, este trabalho tem como Objetivo Geral os estudos pautados nos grafites produzidos por mulher uma muçulmana que usa o véu islâmico no Brasil, a Najdaty Andrade, de forma a verificar como os grafites feitos por ela possuem a possibilidade de desconstruir as representações propostas pelo Orientalismo sobre tais mulheres. Ao final foi constatado que, o grafite, enquanto arte de rua, pode ser considerado como instrumento de representação capaz de contribuir para a mitigação das discriminações causadas pelo Orientalismo sobre as mulheres em estudo, uma vez que os grafites tendem a carregar consigo as experiências e identidade daqueles e daquelas que a produzem.
Item
Análise dos cursos de licenciaturas da UNILA: um olhar acerca das contribuições, desafios e lacunas na formação pedagógica.
(2024) Dier, Nicole Sayumi
Diante do cenário contemporâneo global, que envolve e implica políticas públicas, preocupadas com questões de ordens econômicas e sociais, à sociedade que almejamos, a educação e o papel do professor estão cada vez mais em evidência. O avanço da tecnologia, a criação de novos cursos, a possível extinção de outros, as diferentes modalidades de ensino, as adaptações nas legislações, currículos e aos anseios do mercado são apenas alguns fatores que demonstram a necessidade de uma formação de professores atenta às transformações nas mais diversas áreas do conhecimento. Ao analisar a formação pedagógica dos cursos de licenciaturas da UNILA, busca-se compreender o processo de formação inicial dos profissionais da educação, bem como os desafios encontrados e quais as contribuições da UNILA neste processo. Entre os materiais investigados, cita-se os Projetos Políticos Pedagógicos dos sete Cursos de Licenciatura da UNILA: Ciências na Natureza: Biologia, Física e Química, Filosofia, Geografia, História, Letras - Espanhol e Português como Línguas Estrangeiras, Matemática e Química e as legislações atuais, que regem o Ensino Superior e a Educação Básica no Brasil. Entre as metodologias empregadas neste estudo, cita-se a pesquisa bibliográfica e documental (GIL, 2002), e a aplicação de questionário, aos professores em formação, com o intuito de traçar um panorama dos processos formativos e das experiências estabelecidas na formação inicial desses diferentes cursos e nas relações construídas entre a universidade e as escolas, a partir dos estágios obrigatórios supervisionados, na região da tríplice fronteira. Não pretende-se com esta pesquisa, esgotar a temática a respeito do processo de formação inicial nas licenciaturas da UNILA, mas subsidiar a discussão no âmbito interno e externo a universidade almejando contribuir na melhoria da qualidade da educação pública no Brasil e nos países da América Latina e Caribe.
Item
Trabalho de campo na geografia escolar: aprendendo sobre a segregação socioespacial com aulas de campo.
(2024) Carvalho, Fellipe Thiago Lopes
O presente trabalho objetivou investigar a potencialidade do trabalho de campo na Geografia Escolar, considerando o ensino sobre o conceito de segregação socioespacial na cidade de Foz do Iguaçu/PR, numa perspectiva histórico-crítica. O recorte espacial abarcou a cidade de Foz do Iguaçu, tendo como população da pesquisa uma turma de 2º ano do Ensino Médio de um colégio estadual público no município de Foz do Iguaçu, localizado no Oeste do Estado do Paraná, no ano de 2023. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, com amostragem não probabilística, com utilização de levantamentos de informações junto a fontes secundárias e primárias, sendo utilizado como técnicas para coleta de informações in loco a observação participante, registro fotográfico, elaboração e aplicação de uma sequência de atividades relacionadas ao trabalho de campo. Verificou-se no decorrer das aulas que os conceitos científicos de cidade e segregação socioespacial, ao serem discutidos em sala de aula e na aula de campo tendo por base a realidade vivida pelos jovens escolares, despertaram maior interesse e participação da turma, pois envolveram o conhecimento cotidiano das/os discentes na construção dos conceitos escolares. Conclui-se que o trabalho de campo, sobretudo pensado numa perspectiva histórico-crítica, constitui uma prática de ensino essencial para os processos de aprendizagem envolvendo conceitos como os de cidade e segregação socioespacial na Geografia Escolar.
Item
De escola em escola, se faz uma cidade. Foz do Iguaçu: uma biografia.
(2024) Prata, Gabriel Acácio
Este trabalho propõe uma imersão na história do município de Foz do Iguaçu - PR, por meio da construção de uma biografia singular, focando nos patronos e nas patronesses das escolas estaduais aqui situadas, nos símbolos, paisagens e lugares que dão nome a essas instituições de ensino. Ao explorar a vida, a obra e outras contribuições dos (as) patronos e patronesses das escolas, o estudo apresenta as origens da comunidade, destacando líderes, educadores e figuras que moldaram o destino e a espacialidade deste lugar. A narrativa se desenha como um mosaico, conectando eventos históricos significativos com trajetórias individuais dos patronos e patronesses, buscando uma compreensão profunda da cidade e de sua evolução ao longo do tempo. Através dessa abordagem, o trabalho busca promover uma compreensão da identidade de Foz do Iguaçu, destacando a importância da educação para a preservação da memória coletiva.
Item
Caracterização morfométrica da bacia hidrográfica do rio Iguaçu-Sarapuí e as interferências antrópicas em Duque de Caxias (RJ).
(2024) Balthazar, Kayo Marco de Souza
O município de Duque de Caxias, caracterizado por um processo expressivo de urbanização, em sua maior parte devido a presença do setor industrial que fomentou o desenvolvimento socioeconômico dentro do território, começa a passar por problemas socioambientais devido à falta de um planejamento territorial integrado que atendesse todas as esferas do município, principalmente na questão hídrica, visto que enchentes afetam todo o seu território em períodos de grandes chuvas. Para isso é necessário compreender as características da bacia hidrográfica do rio Iguaçu-Sarapuí, na qual vem sofrendo com interferências antrópicas com o passar do tempo. Neste trabalho foi feito a análise de parâmetros morfométricos junto com o mapeamento da bacia hidrográfica do rio Iguaçu-Sarapuí para obter dados se esta é susceptível a inundações. Com isso, os principais resultados obtidos foram de que a bacia em sua forma possui baixa susceptibilidade a inundação, porém que está disposta a cheias, com isso pode-se observar nos resultados que o processo de urbanização de Duque de Caxias vem ocasionado interferências que estão atreladas a bacia hidrográfica em questão. Ademais, os resultados não descartam a disposição a cheias visto que as interferências antrópicas estão ligadas com a dinâmica fluvial da bacia e como esses fatores podem aumentar o risco de inundações.