Teses e Dissertações não defendidas na Unila

URI permanente para esta colección

Examinar

Envíos recientes

Mostrando 1 - 20 de 110
  • Ítem
    Atitudes e Ideologias Linguísticas sobre o Português e o Espanhol na Tríplice Fronteira
    (2023) Bolivar, Thiago Marcondes Valenzuela
    Este trabalho objetivou identificar, analisar e descrever questões de ideologia linguística na chamada Tríplice Fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai, com foco em dois dos principais idiomas locais: o Português e o Espanhol. De início, é apresentada uma descrição do panorama sociolinguístico da região, que é particularmente rica em contatos etnolinguísticos para muito além dos idiomas enfocados; e, na sequência, discorre-se a respeito de questões teóricas envolvendo ideologias linguísticas (segundo Verschueren 2012; Gal e Irvine, 2000), ilustradas por meio de observações etnográficas na região (com base principalmente na Antropologia Linguística de Duranti, 1997) e em outros contextos geográficos. Após argumentar que as atitudes linguísticas são algumas das expressões mais salientes das ideologias linguísticas que possam circular em uma determinada comunidade, o autor traz uma maior materialidade às discussões por meio da aplicação de um teste conhecido como matched-guise (concebido por Lambert, 1960), que neste caso objetivou verificar as atitudes de um total de 60 sujeitos ─ entre brasileiros, argentinos e paraguaios da região ─ sobre os idiomas enfocados. Os resultados demonstram uma tendência dos brasileiros a avaliarem melhor o Português (e representações de si mesmos) frente ao Espanhol (e representações de seus vizinhos), o que é corroborado ao menos em parte por argentinos e paraguaios.
  • Ítem
    Alocação de Custos em Sistemas de Distribuição utilizando Preços Nodais considerando a Incerteza no Crescimento da Demanda
    (2023) Guarizi, Rodrigo
    O problema da precificação do serviço de redes de distribuição é alvo de constante investigação desde o surgimento dos primeiros mercados de energia elétrica no mundo. A remuneração adequada das empresas que prestam tal serviço é assunto de interesse de distribuidoras e órgãos reguladores. Nesse contexto, o surgimento dos Recursos Energéticos Distribuídos trouxe diversos desafios às concessionárias, como por exemplo, a recuperação dos custos com vistas à sustentabilidade econômica das empresas. Este trabalho propõe um método estocástico para identificar e quantificar receitas não desejadas por uma distribuidora considerando as incertezas no crescimento da demanda e da geração. As incertezas são modeladas por meio do Movimento Geométrico Browniano, para a taxa de crescimento da demanda, e pela distribuição de probabilidade triangular, para a taxa de crescimento da geração, obtendo-se, assim, uma taxa de crescimento da demanda líquida. Essa última é utilizada como parâmetro de entrada em um método determinístico de alocação de custos via Preços Nodais para cargas e geradores. Então, a partir dos Preços Nodais, é determinada a receita de uma distribuidora. A Simulação de Monte Carlo é empregada para se obter de um conjunto de receitas. Observou-se que em determinadas situações de carregamento do sistema e de tarifa fixada por uma distribuidora, é possível a recuperação dos custos fixos da empresa. Entretanto, há a possibilidade de cenários em que a arrecadação de receita não seja compatível com os investimentos futuros a serem realizados na rede. O modelo proposto pode ser utilizado para auxiliar agências reguladoras a examinar uma possível alteração na estrutura tarifária. Além disso, pode auxiliar uma distribuidora para melhor gestão dos seus ativos. Para a obtenção dos resultados foram utilizando os sistemas IEEE 13 e 123 nós.
  • Ítem
    Matriciamento em Pré-natal de Risco Habitual na Atenção Primária em Município de Tríplice Fronteira
    (2022) Dias, Regina Maria Gonçalves; Orientação
    Introdução. A redução da mortalidade materna e infantil é uma prioridade estabelecida por organismos internacionais. Atualmente o acompanhamento do pré-natal e da atenção ao parto são reconhecidos como importante estratégia para prevenir ou reduzir o risco de mortalidade, tanto para a gestante como para a criança. Cuidados qualificados prestados pela Atenção Primária à Saúde antes, durante e após o parto podem salvar a vida de mulheres e recém-nascidos. O ano de 2015 no município de Foz do Iguaçu, Paraná-Brasil, apresentava altas taxas de mortalidade infantil (15,48/1.000 nascidos vivos) e mortalidade materna (92,44/100.000 nascidos vivos). O Apoio Matricial como uma estratégia que proporciona encontro entre profissões e especialidades, suporte tecnopedagógico às equipes de Atenção Primária, na perspectiva da educação interprofissional para práticas colaborativas, foi a base para o enfrentamento do problema. Objetivo: Implantar e analisar o Apoio Matricial em Pré-natal de risco habitual na Atenção Primária à Saúde na perspectiva dos matriciados, matriciadores e gestores. Métodos: Pesquisa qualitativa e quantitativa baseada em pesquisa-ação com o propósito de implantação do Apoio Matricial em pré-natal na Atenção Primária à Saúde. O matriciamento planejado foi prestado por especialistas focais em Ginecologia-obstetrícia, médicos residentes nesta especialidade e residentes multiprofissionais, para equipes da Atenção Primária, nos anos 2016-2017. Participaram 107 profissionais de saúde e gestores que assinaram o consentimento informado. O estudo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa, parecer nº 1.509.266. Foram utilizados 6 instrumentos de pesquisa: formulário de acompanhamento matricial, diários de campo, teste de conhecimento em pré-natal, questionário sobre processo de trabalho, grupo focal de matriciadores e conversas de grupos de mídia digital de Whatsapp®. Aplicamos a análise temática de conteúdo para análise dos registros dos diários de campo, grupos focais e do Whatsapp®. Empregamos o programa IRAMUTEQ na classificação e análise dos dados. Os dados quantitativos foram analisados pelo SPSS. Sintetizamos as análises por meio da triangulação de métodos. Resultados: Na triangulação emergiram 2 classes: dificuldades e potencialidades. Sete categorias de dificuldades: falta de insumos, equipamentos e fluxos; ausência de exames laboratoriais e ultrassonografia obstétrica; desorganização do processo de trabalho; ausência de contrarreferência; contexto político-administrativo; equipes incompletas; necessidade de capacitação e 4 categorias de potencialidades: espaços que oportunizam a expressão de valores, realizações, compartilhamentos de saberes e identificação de necessidades; que oportunizam rever condutas, processo de trabalho e qualificação das equipes; que servem como porta-voz para o atendimento às necessidades para o cuidado das gestantes e o Apoio Matricial e Whatsapp® como espaços de arranjos colaborativos, divulgação de Educação Permanente em Saúde e organização do matriciamento. Considerações finais: O Apoio Matricial em pré-natal mostrou-se uma potente ferramenta para intervir junto às equipes de referência que atuam na Atenção Primária, identificar necessidades do serviço e de recursos humanos, integrar diversas categorias profissionais, superar instrumentos de referência e contrarreferência, qualificar a atenção, promover aprendizagens a todos os envolvidos, estimular a cogestão e funcionar como tensionador para a reorganização dos serviços. Destaca-se o modelo inovador da proposta de apoio matricial em pré-natal envolvendo a integração ensino-serviço, com relevante melhora dos indicadores de mortalidade materno-infantil.
  • Ítem
    A Construção da Categoria Agricultura Familiar no Mercosul: um Estudo a partir dos Casos do Brasil e da Argentina
    (UFRGS, 2019) Belem, Regis da Cunha; Orientação; Radomsky, Guilherme Francisco Waterloo
    O início do novo século tem sido palco da generalização da referência ao termo agricultura familiar no conjunto do continente latino-americano. Partindo do cone sul da América do Sul, a criação (em 2004) e consolidação da Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar do Mercosul – REAF tem cumprido papel decisivo nesse movimento. O protagonismo do Brasil em tal iniciativa, operado nos governos de Lula e Dilma (2003-2016), é reconhecido por agentes sociais e governamentais dos demais países parceiros na construção do Mercosul. A pesquisa realizada buscou, a partir dos casos do Brasil e da Argentina, apreender este processo socio-histórico, procurando evidenciar os principais elementos, eventos, agentes sociais e iniciativas constitutivos dessa dinâmica social e confluentes ao termo agricultura familiar como expressão de um projeto de futuro –uma utopia –, envolvendo desde lideranças de agricultores e camponeses até agentes de governo, de pesquisadores de universidades e instituições de pesquisa a militantes sociais. Para tanto, foi conduzida pesquisa de caráter qualitativo, sustentada em revisão de bibliografia brasileira e argentina sobre o tema; pesquisa documental junto a organismos governamentais nacionais e internacionais, movimentos sociais e organizações não governamentais, bem como matérias de imprensa; entrevistas junto a agentes políticos de governo e de instâncias/organismos regionais, dirigentes nacionais de organizações rurais e assessores, militantes sociais e integrantes de universidades; observação a partir da participação em eventos regionais e nacionais da REAF. A conclusão deste trabalho atribui relevância fundamental à atuação das organizações e movimentos sociais rurais na construção da categoria agricultura familiar no âmbito do Mercosul, expressando crenças e valores comuns engendrados no âmbito do movimento social e religioso aqui denominado cristianismo da libertação, portador de uma crítica ao desenvolvimento, mas, ainda assim, de ideologia modernista. O diálogo instituído, durante os anos 1990, em processos de lutas e relações estabelecidas no além-fronteiras, entre esses movimentos e organizações, serviu para definir campos de possibilidades, unificar compreensões, estabelecer eixos e bandeiras para atuação junto a estruturas governamentais nacionais e regional. Tomamos como expressão desse mesmo movimento a proposição brasileira de criação de uma estrutura específica do Mercosul – a REAF –, objetivando a conformação de um espaço de diálogo para a constituição de políticas públicas diferenciadas para a agricultura familiar em âmbito regional.
  • Ítem
    Da Prática à Teoria e da Teoria à Prática: Reflexões em torno a uma Proposta de Material de Ensino da Tradução no par Português-espanhol a partir de uma Perspectiva Contrastiva
    (2022) Oliveira, Bruna Macedo de; Orientação
    O presente trabalho é fruto da reflexão sobre uma proposta de material de ensino da tradução no par português-espanhol, com foco em uma perspectiva comparada (FANJUL, GONZÁLEZ, 2014), fundamentada nas noções de ensino da tradução (HOLMES, 1972; HURTADO ALBIR, 1999), de competência tradutória e sua aquisição (PACTE, 2001, 2017; HURTADO ALBIR, 2005) e nas teorias de ensino e aprendizagem concernentes à formação de tradutores (HURTADO ALBIR, 1999, 2001, 2005, 2019; KELLY, 2005; KIRALY, 1995, 2000). Em termos metodológicos, a pesquisa parte de um estudo de caso (LARA, MOLINA, 2011), que tem como base uma experiência colaborativa e menos controlada de ensino da tradução (KIRALY, 2000) ocorrida no projeto de extensão “Laboratório de Tradução da Unila”, e se encaminha para uma pesquisa-ação (LEWIN, 1946), cujas finalidades são refletir e intervir sobre a própria prática docente. Para tanto, o estudo discute não só a elaboração de uma proposta de material de ensino, mas a sua aplicação e a observação de seus resultados. No desenvolvimento das unidades didáticas que compõem o material, adotamos o “enfoque por tarefas” (HURTADO ALBIR, 1999), abordagem que possibilita um trabalho mais guiado. Com essa abordagem, buscamos operacionalizar algumas questões do funcionamento linguístico-discursivo do nosso par de línguas, relativas à categoria de pronome e, paralelamente, discutir determinadas temáticas caras aos Estudos da Tradução (noção de problema e dificuldade, tradução subordinada, teoria funcionalista da tradução, entre outras). A proposta de ensino concretiza-se em um curso-piloto de difusão, oferecido na modalidade remota a estudantes brasileiros de graduação com nível ao menos intermediário de conhecimento na língua espanhola, oriundos de três instituições de ensino superior públicas brasileiras: a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade de Brasília (UnB). Os resultados da análise apontam que o trabalho sistemático desenvolvido na formação pôde promover uma sensibilização dos aprendizes com respeito a determinados aspectos do funcionamento e tendências de nosso par de línguas, além de uma maior atenção à naturalidade, ao gênero e à finalidade da tradução, contribuindo não apenas para o desenvolvimento de sua subcompetência bilíngue, mas de sua competência tradutória como um todo.
  • Ítem
    Universidades Federais de Missão Institucional Internacional e seu Papel para a Política Externa Brasileira
    (2022) Almeida, Felipe C. de; Orientação
    A tese tem como objetivo apresentar o papel das universidades de missão institucional internacional na política externa brasileira da década de 2010. A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) e a Universidade Federal da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) foram criadas como instituições educacionais destinadas a cumprir missões institucionais internacionais em linha com a política externa do segundo governo do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando foram idealizadas. Sendo assim, as instituições vieram a compor o amplo conjunto de políticas nacionais voltadas para a internacionalização do ensino superior desenvolvidas na década de 2010, assim como outras iniciativas como o Programa Ciência sem Fronteiras e o Programa Institucional de Internacionalização da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior. Dentre esse conjunto de iniciativas de internacionalização as universidades destacaram-se por terem sua criação e desenvolvimento fundados em interesses que transbordam as noções de desenvolvimento educacional, científico, cultural e econômico, com as pelas quais a grande maioria das demais políticas nacionais de internacionalização podem ser explicadas. UNILA e UNILAB também são parte da cooperação brasileira internacional para o desenvolvimento, possuindo um relevante papel na inserção brasileira na cooperação internacional sul-sul a exemplo de iniciativas tradicionais como o Programa Estudante-convênio Graduação. Sendo assim, as missões institucionais das universidades voltadas à integração brasileira com regiões prioritárias para a política externa no contexto histórico de sua criação fundamentaram o desenvolvimento das mesmas durante a década seguinte. Esse desenvolvimento pode ser caracterizado por movimentos de aproximação e distanciamento da política externa ao longo da década de 2010, ao passo que a política se alterava e UNILA e UNILAB amadureciam como instituições na direção de sua autonomia constitucional plena. É a essa contribuição peculiar que extrapola os limites das tradicionais ferramentas de internacionalização e de cooperação para o desenvolvimento que a presente tese dedica-se. A pesquisa tem como base vasta produção bibliográfica nos campos de internacionalização educacional, cooperação internacional e política externa, e, como fontes primárias, documentos oficiais das universidades, ministérios, agências federais e entrevistas realizadas com técnicos e gestores da UNILA.
  • Ítem
    A Língua Brasileira de Sinais sob as Perspectivas da Teoria Histórico-Cultural e do Dialogismo
    (2022) Fellini, Dinéia Ghizzo Neto; Orientação
    A pesquisa objetiva compreender as características de linguagem/língua na produção de um enunciado concreto em Libras, a considerar os significados e os sentidos constituídos pelos interlocutores no processo de interação discursiva. Pesquisa de caráter teórico-prático, a ter como referenciais a Teoria Histórico-Cultural e do Dialogismo, ambas voltadas à investigação de como os signos gestuais são realizados em Libras. Para tanto, buscou-se vídeo informativo produzido por um surdo, por meio das etapas: seleção de um vídeo na Plataforma Youtube; solicitação de autorização de uso das imagens; conversão do vídeo em imagens; a partir das imagens, a montagem dos signos gestuais. A partir do material coletado, que são signos gestuais, aplica-se a exotopia como recurso para as análises, a partir da abordagem qualitativa de investigação. Como resultados das análises, pondera-se que: i) a Libras é constituída por um espaço de sinalização ou enunciação, a abranger traços de língua/linguagem, a partir da capacidade de cenarização. O poder de cenarização possibilita caracterizar local, espaço, tempo, personagens, a permitir que valores sejam expressos e sentidos sejam compreendidos.; ii) a entonação valorativa, um dos traços de linguagem, esboça-se no discurso, pela alteração de marcas gestuais e visuais da Libras; iii) alguns termos não possuem signos gestuais que os especifiquem, desse modo, a sinalização é moldada a partir do contexto sócio histórico e a situação no momento da enunciação, inclusive, muitos signos gestuais são alterados com o tempo, decorrentes das mudanças culturais, sociais e históricas; iv) todo enunciado se constitui sobre um determinado tema e possui um acabamento específico, logo, a escolha por um signo gestual em detrimento de outro é determinado pela posição do enunciador, seus valores e nível cultural e linguístico, assim como pelo auditório, à espera de uma atitude responsiva ativa. Os resultados da pesquisa demonstram a riqueza polissêmica da Libras quanto à produção de sentidos, aspecto passível de observação nas línguas orais, contudo, expressa de outros modos.
  • Ítem
    Floresta Estadual de Maués como Artefato Humano: Unidade de Conservação de Papel ou de Carne e Osso?
    (2017) Lira, Talita de Melo; Orientação
    Esta pesquisa tem como objetivo analisar a participação social dos ribeirinhos no processo de gestão da Floresta Estadual de Maués. Para tal, buscou-se mapear a organização sociopolítica nas comunidades ribeirinhas que pertencem a Floresta Estadual de Maués; identificar a forma de participação social dos ribeirinhos no Conselho Gestor da Floresta Estadual de Maués; compreender as relações de poder que se estabelecem na gestão da Floresta Estadual de Maués; analisar os limites e possibilidades da participação social no âmbito da gestão da Floresta Estadual de Maués. O estudo objetivou contribuir com o debate acadêmico científico com uma abordagem de políticas públicas no campo interdisciplinar, construída na interface da Sociologia, da Ciência Política e da Antropologia. Quanto aos procedimentos metodológicos, foi feita a escolha pela pesquisa qualitativa, ancorada nos pressupostos dialéticos, que permitiu no decorrer da pesquisa valorizar a contradição do fato observado e a atividade criadora do sujeito que observa, bem como as oposições entre o todo e as partes e os vínculos do saber e do agir com a vida social dos homens, a relação intrinsecamente dinâmica entre sujeito-sujeito. No que concerne as técnicas de pesquisa, foi utilizado o Formulário de Infraestrutura, Entrevistas Semiestruturadas e Observação Participante. No que tange à relevância acadêmico-científica, esta se expressa nesse estudo através da: 1 produção de novos conhecimentos sobre democracia e participação social na gestão de políticas públicas; 2 oportunidade de produção de subsídios para formulação de Políticas Ambientais que considerem as comunidades tradicionais como um agente ativo sujeito de direito; 3 contribuição para os debates em diferentes fóruns em âmbito regional, nacional e internacional sobre a referida temática. Em relação aos resultados destacam-se: 1 o mapeamento das organizações sociais nas comunidades ribeirinhas pertencentes a Floresta Estadual de Maués – foi mapeado a participação em partidos políticos, sindicatos cooperativas e associação; 2 no COGEF foi identificado como se estabelecem as relações de poder e foi observado que apesar de paritário o poder é hierarquizado, o Estado detém o poder maior, em seguida os conselheiros institucionais e por fim os conselheiros comunitários numa condição inferior; 3 em relação a análise dos limites e possibilidades da participação social no âmbito da gestão da Floresta Estadual de Maués, foi analisado dentre os principais limites o custo diferenciado da participação; 4 as reuniões só acontecem na sede e dificulta o acesso dos conselheiros comunitários; 5 possuem menores rendas e disponibilidade de tempo, em comparação com os conselheiros institucionais; 6 falta de capacitação técnica; 7 falta de coesão entre os conselheiros comunitários; 8 falta de interação entre os conselheiros institucionais e conselheiros comunitários – só se encontram nas reuniões de conselhos e pouco interagem entre si; falta de uma visão mais ampla sobre participação e organização política. São vários os limites e fragilidades encontrados na participação dos conselheiros comunitários no âmbito do COGEF, mas, ainda assim vislumbra-se um campo de possibilidades para que esses espaços se tornem de fato uma alavanca da democracia. Os conselhos gestores são fruto de lutas e demandas populares e de pressão da sociedade civil pela redemocratização do país. Eles criam uma nova esfera pública não estatal. Trata-se de um novo padrão de relação entre Estado e sociedade, porque eles viabilizam a participação de segmentos sociais até então excluídos dos processos de decisões políticas. A partir dos resultados, entende-que a participação dos ribeirinhos no âmbito do GOGEF não tem possibilitado a emancipação política, o conselho tem se limitado a ser um espaço de apresentação de demandas e denuncias. Apesar de a participação dos ribeirinhos serem ainda limitadas e estarem aquém de uma participação emancipatória, ainda sim possuem potencial transformador.
  • Ítem
    O Valor Social do Trabalho Doméstico e a Justiça Consubstancial
    (UFRGS - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016) Schneider, Élen Cristiane; Orientação
    A tese “O valor social do trabalho doméstico e a justiça consubstancial” versa sobre a relação entre o valor do trabalho doméstico remunerado e a justiça. Um modelo de análise da divisão do trabalho, à luz da ideia de Justiça de Gênero de Nancy Fraser, é elaborado para responder à problemática. Neste se leva em conta as relações sociais consubstanciais de poder do trabalho doméstico (KERGOAT, 2010) e as dimensões socioeconômica, moral e política da divisão do trabalho social, a fim de conceber um paradigma ampliado de justiça, para a reflexão do trabalho doméstico atual. A equiparação dos direitos do trabalho doméstico a outros empregos regidos pela CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) ocorreu, no Brasil, em 2015, após um longo processo de quarenta e três anos, demonstrando a participação limitada das trabalhadoras nas instâncias de decisão sobre a justiça no trabalho doméstico. Assim sendo, o objetivo geral da tese consiste em analisar a (des)valorização do trabalho doméstico e da categoria trabalhadora em sua relação com as concepções de Justiça e de Divisão Social do Trabalho. O trabalho de campo foi realizado em Salvador, Bahia, optando-se por uma análise de natureza qualitativa, através da coleta de dados de cinquenta entrevistas em profundidade (ANDER-EGG, 1998). Essas são amparadas no instrumento de roteiro de entrevistas e examinadas com o procedimento de análise de conteúdo (BARDIN, 2011). Realizou-se, ainda, uma triangulação metodológica, com uso da etnografia (GUBER, 2005) e do diário de campo. A tese direciona-se à ampliação da perspectiva de justiça, através da justiça de gênero e da consubstancialidade das relações sociais no trabalho doméstico, forjando-se a ideia de justiça consubstancial.
  • Ítem
    Las Prácticas Culturales de la Educación Afrodescendiente para lo Repensar del Perjuicio Etnocéntrico en la Sociedad Brasileña
    (Universidad San Lorenzo - Unisal, 2021) Silva, Cleusa Gomes da; Orientação
    Esta tesis analiza cuales prácticas culturales de la educación afrodescendiente deben ser desveladas para la desconstrucción del perjuicio etnocéntrico en la sociedad brasileña, teniendo como campo de pesquisa el Curso de Historia de la Universidad Federal de la Integración de Latinoamérica - Unila. La escoja del tema no ha se basado en juicios conceptuales, sino en el hecho de que son representativos y reveladores en el espacio escolar, lugar donde se encuentran los caminos de la convivencia con la diversidad humana. Con el proceso de redemocratización política que ha ocurrido en Brasil durante la década de 1980, hubo una intensificación de los movimientos reivindicatorios de diferentes segmentos sociales, entre los cuales el Movimiento Negro, que ha recolocado la cuestión racial entre los temas de debate en la agenda nacional. Como consecuencia de ese proceso asociado a la intensificación de los estudios sobre las relaciones étnico-raciales en el medio académico, el gobierno federal sancionó, en marzo de 2003, la Ley nº 10.639/03, que instituyó la obligatoriedad de la enseñanza de Historia y Cultura Afrobrasileña y Africana en las escuelas de Enseñanza Fundamental y Media. La finalidad era rescatar históricamente la contribución de los negros en la construcción y la formación de la sociedad brasileña. Para esto, la pesquisa, de naturaleza cualitativa, recurrió al estudio bibliográfico sobre la trayectoria del Movimiento Negro en Brasil, la historiografía y el pensamiento social brasileño. Recurrió también al análisis documental, por medio del cual se verificó las potencialidades multiculturales de la legislación educativa, especialmente la Constitución Federal de 1988; la Ley de Directrices y Bases de la Educación Nacional (Ley nº 9.394/96), los Parámetros Curriculares Nacionales, además de la Ley nº 10.639/03. La recogida de datos se llevó a cabo por medio de entrevistas semiestructuradas con alumnos del 6º semestre del curso de Historia de la referida Universidad. El análisis de las informaciones permitió la constatación de que, aunque los futuros profesores reconozcan la importancia de la citada temática y tengan demostrado conocimiento acerca de la Ley, hay una incredulidad sobre su eficiencia en la superación del perjuicio etnocéntrico, especialmente por las limitaciones que dificultan su implementación, ya que, como texto oficial, el currículo es elaborado en la perspectiva de una escuela ideal, que condice con las dificultades existentes en la rutina diaria del trabajo docente.
  • Ítem
    Narrativas de Identidade do Professor de Língua Inglesa: o Legado do Pibid
    (Unioeste, 2015) Baladeli, Ana Paula Domingos; Orientação
    A discussão sobre a identidade profissional de professores está diretamente relacionada à formação de professores, isso porque permite compreender as trajetórias, as expectativas e o papel central que os discursos desempenham no processo de identidade e diferença dos professores. A concepção de identidade que fundamentou esta tese é a de que os discursos socialmente veiculados sobre os professores de Língua Inglesa da educação básica e também sobre a profissão professor influenciam na (re)construção da identidade profissional de professores em formação inicial. Os sujeitos desta pesquisa narrativa foram dez pibidianos de Língua Inglesa, bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência Pibid de três universidades públicas do Paraná. O objetivo foi identificar, nos discursos dos pibidianos, os sentidos construídos sobre a profissão professor. Para tanto, fundamentei a análise desta pesquisa narrativa nos Novos Estudos do Letramento (STREET, 1995, 2014; KLEIMAN, 1995) e em estudos sobre identidade (HALL, 2003, 2009; SILVA, 2009; FERREIRA, 2014). O corpus incluiu os seguintes instrumentos: narrativas autobiográficas escritas, entrevistas em áudio, questionários, observação e anotações de campo durante visitas nas três universidades. Os resultados indicaram que a participação no Pibid tem contribuído na formação profissional dos pibidianos, no desenvolvimento de uma postura de professor pesquisador, na aprendizagem da profissão, na compreensão do papel do professor e na compreensão da função social do professor de Língua Inglesa. A inserção sistemática dos pibidianos no ambiente escolar, somada ao trabalho colaborativo da universidade com as escolas, tem proporcionado práticas de ensino e desenvolvimento de material didático mais significativos e ajustados aos documentos oficiais de ensino. Embora o programa tenha contribuído para problematizar a formação do professor de Língua Inglesa no contexto contemporâneo, nos discursos dos pibidianos, foi possível identificar facetas do discurso de identidade profissional com base na cultura familiar (faceta hereditária), na crença de vocação (faceta vocacional), no discurso idealizado (faceta romântica), nas práticas pedagógicas altamente motivadoras (faceta entusiasta) e, por fim, na crença missionária de profissão (faceta sacerdotal). Em linhas gerais, o Pibid tem representado uma relevante alternativa para que futuros professores aprendam a profissão, mas, por outro lado, tem trazido à tona a complexidade de se formar professores de Inglês interessados em atuar no contexto do ensino básico público.
  • Ítem
    La Dimensión Política e Intercultural en la Formación Permanente de Docentes que Actúan en Escuelas de Frontera: Análisis del Programa “Pedagogía Intercultural” de la UNILA
    (2021) Tallei, Jorgelina; Orientação
    El objetivo de esta tesis es analizar las acciones de formación en el Programa de formación docente permanente denominado Pedagogía Intercultural propuesto por el grupo de investigación Linguagem, Politica e Ciudadanía de la Universidad Federal de Integración Latinoamericana (UNILA), entre los años 2016 y 2018, ofertado para las docentes de la red municipal de enseñanza en la ciudad de Foz de Iguazú, Paraná, Brasil. El objetivo general de mencionado programa es pensar una educación de y para las fronteras en la ciudad de Foz de Iguazú a partir de temáticas que problematizan el territorio. La metodología adoptada se basa en una perspectiva de investigación acción participativa desde el concepto del sociólogo colombiano Fals Borda. Por medio de la concepción de una investigación acción participativa y la constitución del ser sentipensante, esta investigación se propone analizar las acciones formativas del Programa de Formación permanente “Pedagogía Intercultural”. Para el análisis de los datos, fueron realizadas observaciones de las acciones formativas propuestas por el Programa, completando un total de 19. Asimismo, se utilizó como instrumento de investigación el cuestionario con base en preguntas de carácter semiabiertas, diarios de campo y análisis documental. Los datos demostraron, por un lado, que la lógica monocultural está presente en los espacios escolares y, por otro lado, que es posible planificar programas de formación docente permanente considerando el contexto trinacional. También ponen en evidencia que acciones articuladas entre la comunidad escolar y las universidades públicas, como también la política local, permiten la planificación conjunta de políticas públicas de formación docente permanente considerando el contexto. A su vez, los datos arrojan resultados sobre las acciones formativas de carácter permanente desde el paradigma de una formación docente sentipensante. A partir de esta investigación las docentes participantes transformaron de manera crítica sus miradas sobre la frontera y su contexto escolar mediante una participación transformadora del territorio. Las acciones formativas del Programa permitieron reflexionar sobre el sentir de la frontera, estar en la frontera y pensar una educación de frontera desde el territorio. Este estudio se apoya en los conceptos teóricos de estudios postcoloniales y latinoamericanos, que se encuentran en autores como Bhabha Homi, Fals Borda Orlando, Gunther Dietz, Walsh Catherine, entre otros. La investigación tiene por objeto contribuir con los estudios de formación permanente docente desde los estudios transfronterizos. Con el análisis de los resultados, la investigación pretende que la Secretaría de Educación Municipal de Foz de Iguazú (SMED) y las universidades públicas de la ciudad de Foz de Iguazú trabajen conjuntamente en la elaboración y la planificación de programas de formación permanente que contemplen el contexto trifronterizo y trinacional a fin de diseñar políticas locales regionales que se interrogen sobre la formación docente permanente en y para la frontera.
  • Ítem
    Dos "Parangolês" ao "Eat me: a Gula ou a Luxúria?" - Mutações do "Popular" na Produção de Lina Bo Bardi, Hélio Oiticica e Lygia Pape nos Anos 1960 e 1970
    (Universidade de São Paulo, 2014) Machado, Vanessa Rosa
    A passagem dos anos 1960 para os 1970 marca um importante momento de inflexão na produção de ponta no Brasil no que se refere à relação entre Artes Plásticas/Arquitetura e o "popular". A análise da produção de Lina Bo Bardi, Lygia Pape, Hélio Oiticica e, em parte, Flávio Império, junto à análise da revista "Malasartes", indica as mutações pelas quais passa o conceito de "popular", desde a produção "de raiz" aos elementos da cultura de massa. Esse rico período, marcando a passagem entre modernismo e arte contemporânea, testemunha a fragmentação do conceito de "popular" e, concomitantemente, a dissolução da própria ideia de vanguarda.
  • Ítem
    A Literatura nas Aulas de Português e Espanhol como Língua Adicional no Ensino Superior da Unila
    (2021) Ribeiro, Bruna Otani; Orientação
    A pesquisa apresentada teve como objeto de análise o tema da literatura no ensino de Português Língua Adicional (PLA) e Espanhol Língua Adicional (ELA), disciplinas obrigatórias a todos os cursos de graduação da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA). Por integrar o corpo docente do eixo de línguas da instituição, foi possível verificar, em debates e reuniões do eixo, divergências entre os professores de espanhol e de português no que tange a concepções que direcionam o ensino em sala de aula. Tais divergências fizeram surgir uma inquietação no que se refere ao trabalho com o texto literário no ensino de Língua Adicional (LA), por isso, a proposta deste estudo foi verificar se: 1) A literatura está presente nas aulas de LA da UNILA?; 2) Caso não esteja, por que razão os textos literários não têm sido utilizados nas aulas de ELA e PLA?; 3) Caso esteja, de que maneira tem sido trabalhada? Segundo teóricos como Antonio Candido (2004), Guadalupe Jover (2007), Rildo Cosson (2014) e Michèle Petit (2009), a literatura nos torna mais humanos, dessa forma, além de trazer contribuições para o aprendizado de um novo idioma, o texto literário, sendo trabalhado na instituição de acordo com uma perspectiva crítica de ensino de LA, contribuiria também para a formação de leitores no nível superior de ensino e para a efetivação da missão e vocação da universidade. A UNILA, além de estar preocupada com a qualificação profissional dos estudantes, também almeja integrar a América Latina e o Caribe a partir da formação de cidadãos engajados com a busca de soluções às problemáticas latino-americanas (UNILA, 2012), algo mais factível a partir da sensibilização dos estudantes no que diz respeito à realidade desses povos. Acredita-se que isso pode ser alcançado de forma mais efetiva com a leitura de textos literários das diferentes culturas latino-americanas e caribenhas. Trata-se de uma pesquisa de campo com uma abordagem quantitativa e qualitativa interpretativista, que demandou também uma revisão bibliográfica e uma análise documental. Para a coleta de dados foram aplicados questionários a docentes de PLA e ELA da universidade e a discentes que cursaram as disciplinas de LA na instituição, graduados no segundo semestre de 2018 e no primeiro de 2019. Os resultados, obtidos a partir da análise dos questionários e dos planos de ensino, apontam que a literatura não esteve presente em uma minoria das disciplinas de LA da UNILA, contudo, chama a atenção o fato de que o texto literário, por vezes, não é utilizado em razão da priorização de textos do gênero acadêmico. Entende-se que há espaço para que textos de diversas esferas sejam trabalhados nas disciplinas de PLA e ELA, inclusive os do âmbito literário. Em situações em que o trabalho com a literatura ocorre, identificou-se que este trabalho, em certos casos, é pautado em uma perspectiva de letramento crítico, já em outros, o texto literário parece servir como pretexto ao ensino de conteúdos linguísticos, prática a ser repensada a fim de promover a formação crítica almejada pela UNILA.
  • Ítem
    Effets de Basse Dimensionalité et de la Frustration Magnétique dans les Composés de Type AB2O6
    (2016-05-23) Hneda, Marlon Luiz; Orientação
    Esta tese compreende um estudo sobre os compostos AB2O6 que chamaram a atenção nos últimos anos graças às suas propriedades de magnetismo de baixa dimensionalidade. Para melhor entender as propriedades magnéticas e os parâmetros que as influenciam, nos apoiamos no conhecimento da estrutura cristalina. Todas as amostras foram estudadas por difração de raios X (pressão ambiente e sob altas pressões) e de nêutrons (em baixa e em alta temperatura). Também fizemos outras caracterizações como medidas ele susceptibilidade magnética, calor específico e espectroscopia Mössbauer. A série MnNb2-xVxO6 foi produzida a fim de variar as distâncias entre as cadeias magnéticas e, com isso, a natureza das interações de troca. Estes compostos são interessantes por apresentarem baixa anisotropia, um acoplamento dos momentos magnéticos nas cadeias em zig-zag ao longo elo eixo c, conferindo-lhe o caráter unidimensional, e ainda um acoplamento antiferromagnético mais fraco entre as cadeias. É feita uma comparação com o modelo teórico de cadeia de Heisenberg clássica e são obtidas as constantes ele troca intra e intercadeias, J e J', e sua dependência em relação à x. Em seguida, foi feito um estudo das séries MnxA1-xNb2O6 com A = Fe, Co e Ni, com o objetivo de verificar como a natureza e a diferença dos raios atômicos podem influenciar o comportamento estrutural e magnético destes compostos. Para aqueles que não apresentaram ordem magnética à 1,5 K, foi feito um estudo das correlações ele curta distância utilizando o modelo de Bertaut. Graças a síntese AP e AT, conseguimos estabilizar o MnV2O6 em simetria ortorrômbica e determinar suas propriedades físicas. Fizemos então uma comparação com o polimorfo monoclínico MnV2O6 e também com o composto ortorrômbico MnNb2O6 . Os comportamentos magnéticos macroscópicos dos compostos isoestruturais são muito similares, porém no caso ela fase MnNb2O6, os momentos magnéticos formam cadeias elo tipo +- + - e na fase Mn V 20 6, as cadeias são do tipo + + - -, estrutura inédita, até então não observada nestes compostos.
  • Ítem
    O Sul Global e a Difusão das Transferências Diretas de Renda: as mediações de Brasil e Índia.
    (2014) Giugliano, Rogério; Orientação
    Esta tese descreve o resultado de pesquisa realizada entre os anos de 2012 e 2013 no Brasil e Índia. Trata-se de uma investigação de caráter sociológico que se debruça sobre o fenômeno contemporâneo do desenvolvimento. O foco de análise é a difusão das Transferências Diretas de Renda (TDR) como estratégia de proteção social e combate à pobreza, processo iniciado em meados da década de 1990 e ainda em curso até os dias atuais.
  • Ítem
    Monumentos Celebrativos: Aproximações entre Arte e História (1925-1963)
    (2013-03-11) Uhle, Ana Rita; Orientação
    Este estudo versa sobre os processos que envolvem a idealização e construção de monumentos celebrativos na cidade de São Paulo ao longo do século XX. São analisadas quatro obras cujas narrativas tratam de episódios da história colonial paulista: o Monumento à Glória Imortal dos Fundadores de São Paulo, o Monumento às Bandeiras, o Monumento à Fundação de São Paulo e o Monumento a Anchieta. Por meio de um conjunto de documentos produzidos nos concursos públicos, em debates na imprensa, trocas de correspondências e memórias, busco compreender como essas obras foram fabricadas, desde o surgimento da ideia até as estratégias para sua viabilização, levando em conta os diversos conflitos nos momentos de definição do tema, da concepção formal ou da versão escolhida sobre o episódio comemorado. Havia uma pluralidade de interesses que operava na realização desses projetos de monumentos: do escultor, do conselheiro iconográfico, de agentes do poder público, de jornalistas ou de historiadores. A proposta dessa tese é a de construir uma história social dos monumentos celebrativos, do diálogo e das trocas que aconteciam ao longo de sua construção, ao perceber os personagens e analisar as obras como frutos de um processo intensamente negociado.
  • Ítem
    Música, Educación y Descolonización: el Modelo Educativo Sociocomunitario Productivo del Estado Plurinacional de Bolivia en el Contexto de las Culturas Populares de América Latina y el Caribe
    (2021-07-14) Eid, Félix; Orientação
    Esta tesis trata de la educación musical bajo el Modelo Educativo Sociocomunitario Productivo (MESCP), adoptado por la Ley de Educación “Avelino Siñani - Elizardo Pérez” (Ley 070), decretada en el Estado Plurinacional de Bolivia el año 2010, e inspirada en el revolucionario proyecto de educación indígena en ese país en la década de 1930, la Escuela-ayllu de Warisata. Además de su carácter sociocomunitario y productivo, este Modelo propone una educación descolonizadora, intracultural e intercultural, dialogando así con la problemática compartida en América Latina y el Caribe que busca caminos políticos de educación musical pertinentes a las culturas y contextos de la región. En este sentido, los objetivos de esta investigación son, por un lado, explorar en qué consiste una educación musical descolonizadora, intra e intercultural, sociocomunitaria y productiva; y por otro, identificar puentes entre este Modelo adoptado en Bolivia, y algunas experiencias que dialogan con él desde otras regiones. Con esta finalidad, y por medio de la etnografía como paradigma metodológico, esta tesis recorre algunos antecedentes teóricos, conceptuales e históricos que dan lugar a la Ley 070; la construcción y las propuestas del MESCP; un trabajo de campo realizado en tres Escuelas Superiores de Formación de Maestras y Maestros (ESFM) situadas en diferentes regiones de Bolivia; algunas reflexiones y experiencias sobre música y educación en otras regiones de América Latina y el Caribe; y, de forma transversal a todo lo anterior, algunos caminos y voces de personas que desde diferentes lugares y maneras trabajan por una educación transformadora y por la diversidad cultural y musical. El análisis de estos recorridos, y el diálogo entre ellos, indican una fuerte transformación educativa y social ya en curso a partir del MESCP; algunas dificultades para su implementación en el campo específico de las expresiones musicales; una estrecha relación entre esta apuesta boliviana y otras experiencias educativas y musicales en América Latina y el Caribe; y el potencial beneficio común del acercamiento y diálogo entre ellas. Finalmente, cabe resaltar que la intersección entre la problemática compartida en América Latina y el Caribe con respecto a la educación musical arraigada; las contribuciones que a este debate puede traer el modelo de la Escuela-ayllu de Warisata; y los procesos que en este sentido presenta el Estado Plurinacional de Bolivia por medio del MESCP, hace de esta tesis un trabajo original, y como tal puede contribuir para nuevas investigaciones y reflexiones sobre las temáticas abordadas.
  • Ítem
    Escuta e Referencialidade. Composição em Diálogo com o Meio Ambiente
    (2017-03-03) Villena, Marcelo; Orientação
    A partir de uma pesquisa teórica sobre dois conceitos-chaves (escuta e referencialidade) desenvolvem-se três tipos de procedimentos performáticos para composições que buscam estabelecer relações entre paisagens sonoras e sonoridades musicais produzidas com meios acústicos. O conceito de referencialidade, auxiliado pela Tradução Intersemiótica e a Teoria das Tópicas, é empregado para compreender os mecanismos implícitos no ato compositivo de conectar os estímulos ambientais com materiais musicais. A escuta e percepção ambiental são avaliadas como metodologia para o planejamento da composição, através da Teoria Ecológica da Percepção (James Gibson), a Escuta Ecológica (Eric Clarke) e a Escuta Sensível (Marton). O trabalho aceita também contribuições vindas da reflexão das relações entre música e meio ambiente presentes em culturas indígenas (astecas, kuikuro, kidsêjê, tikmu’un), do estudo de escritos teóricos e/ou a escuta de composições de: Jonathan Kramer, Olivier Messiaen, Ulises Ferretti, John Cage, Peter Ablinger, Morton Feldman, David Monacchi, Lilian Nakahodo e Mathew Burtney. Este estudo teórico possibilita a elaboração das três propostas performáticas acima referidas: 1) peças para instrumentos acústicos tradicionais a serem executadas em situação convencional de concerto; 2) peças para serem tocadas através da manipulação de objetos do cotidiano, colhidos em meio ambientes específicos; e 3) peças para serem tocadas em locais específicos, de caráter indeterminado, em que o fluxo de eventos musicais é definido no momento da execução a partir da escuta das sonoridades ambientais.
  • Ítem
    A Gestão da Integração Ensino Serviço nas Escolas Médicas do Paraná
    (2021-05-14) Boff Zarpelon, Luis Fernando; Orientação
    Para superar os desafios da educação médica, a integração com o sistema de saúde deve estar no centro do desenho curricular da formação, da mesma forma que a organização do trabalho em saúde deve prever a incorporação de processos formativos permanentes em todos os níveis. Suportar a complexa rede resultante dessa integração, caracterizada por relações interinstitucionais, policêntricas, de natureza horizontal e interdependentes, requer novos modelos de gestão. O objetivo deste trabalho foi analisar os processos de gestão da integração ensino serviço comunidade nas escolas médicas do Paraná, apreendendo as concepções dos gestores sobre o tema, conhecendo as práticas de integração produzidas no território, identificando os fatores determinantes dessas relações, analisando os modos e processos de avaliação utilizados e as características gerenciais/operacionais existentes. Trata-se de um estudo transversal, qualitativo, exploratório, descritivo e explicativo conduzido entre coordenadores de curso de escolas médicas com ao menos um ciclo formativo completo e gestores do SUS dos seus respectivos territórios. O conjunto final foi composto por 9 escolas médicas (75% do total elegível), sendo 4 públicas, 3 filantrópicas e 2 de fins lucrativos, correspondendo respectivamente a 80%, 75% e 100% das escolas elegíveis em cada segmento. O grupo de gestores foi formado por 4 secretários municipais e 3 diretores de regional de saúde das regiões de maior densidade populacional e com maior número de equipamentos de saúde do Estado, além de um representante da Comissão Estadual de Integração Ensino Serviço Comunidade. Os dados foram produzidos pela aplicação de entrevistas semi estruturadas em cinco eixos temáticos a partir de questões norteadoras que buscavam alcançar os objetivos estabelecidos e submetidos a análise de conteúdo de Bardin, na modalidade análise temática. Os resultados demonstram que os processos de integração configuram uma rede gestora de política e se expressam em termos dos efeitos produzidos por estas relações; que as práticas produzidas no cotidiano resultam de uma governança que não considera as características intrínsecas de uma rede gestora; que os fatores determinantes destas relações estão ligados ao arcabouço jurídico vigente, a capacidade em alinhar-se ao mesmo e aos mecanismos gerenciais envolvidos; que os processos avaliativos são frágeis, baseados em percepções, inconstantes, pouco priorizados e raramente utilizados para subsidiar as decisões; e que os processos gerenciais existentes não dão conta de atender as complexidades de um sistema em rede. A integração ensino serviço no território pesquisado, embora compreendida como uma rede gestora de política, não é gerida como tal. Disso resultam práticas inadequadas de integração, que inviabilizam o aprimoramento dos sistemas avaliativos, comprometem a formação consentânea e sobrecarregam em demasia o sistema de saúde. Os novos requisitos da formação médica, para além dos aspectos regulatórios, exigem uma formação que transcenda o aparato escolar e repouse sobre todo sistema de saúde, reclamando novos e complexos arranjos de governança entre escolas e serviços, para os quais o entendimento das redes gestoras de política é indispensável.