Mito e arquivo em Yo, el Supremo

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-12-03

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

Yo, el Supremo é uma das obras máximas das literaturas do continente americano. Contribui para reforçar seu valor o fato de que mantém um forte vínculo com a história, a memória e a mitologia popular, sobretudo da terra-natal do autor. Desta forma, conjuga de modo exemplar a inovação formal e o olhar atento à identidade, história e destino da América. Partindo destas ideias, este trabalho pretende apontar a possibilidade de uma leitura que ainda pede para ser elaborada, uma interpretação baseada na reflexão de Roberto González Echevarría desenvolvida em Mito y archivo, um dos grandes ensaios que tentam estabelecer um vínculo sistemático entre literatura, história e mito na produção literária do continente americano. Como o autor não dedicou um capítulo a Yo, el Supremo, acreditamos que é preciso preencher esta lacuna com uma leitura profunda desta obra seguindo o seu raciocínio dedicado a outras grandes obras, a exemplo de Cien años de soledad.

Descrição

Colóquio Yo el Supremo (1974-2014) – Augusto Roa Bastos – 03 e 04 de dezembro de 2014. Organizadores Alai Diniz e Fernanda Pereira

Palavras-chave

Yo el Supremo, Mitologia, História, Memória, Mito y archivo

Citação