Show simple item record

dc.contributor.authorSantos, Lídia Silva dos
dc.contributor.authorNascimento, Rosemberg Gomes
dc.date.accessioned2017-09-12T18:40:30Z
dc.date.available2017-09-12T18:40:30Z
dc.date.issued2016-08
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/2314
dc.descriptionIX Congresso Brasileiro de Hispanistas realizado nos dias 22 a 25 agosto 2016pt_BR
dc.description.abstractUma das estratégias da meta 16 do Plano Municipal de Educação é fortalecer a formação dos professores das escolas públicas de educação básica. Por esta razão, com este trabalho pretendemos investigar como as formações continuadas semanais contribuem com a prática pedagógica dos professores de Língua Espanhola da Rede Municipal de Ensino do Cabo de Santo Agostinho. Em consonância com Rivas e Pedroso (2005), acreditamos que o coordenador de área de ensino deve atuar na formação continuada com base em sob duas perspectivas: formar professores pesquisadores reflexivos e estimular a implementação de um currículo interdisciplinar nas escolas do Ensino Fundamental da Rede Municipal. Assim sendo, no município do Cabo, as formações continuadas dos professores de espanhol acontecem em conjunto com as disciplinas de Língua Portuguesa, Arte e Língua Inglesa, com foco em projetos pedagógicos que atendam a todos os alunos do Ensino Fundamental dos Anos Finais. A implementação do ensino de espanhol na cidade deuse por questões históricas, com influência espanhola (LACERDA, 2002), além de atender à Lei no 11.161/2005, à LDBEN 9394/96 e ao Estatuto do Magistério, Lei no 2.280/2005. Para fundamentar nossa pesquisa, baseamonos Parâmetros Curriculares Nacionais (2002), García Martinez (2007), Paraquett (2010), Rivas (1996) e Freire (2013). Como resultado dos encontros semanais, percebemos que houve uma maior participação dos discentes nas atividades acadêmicas desenvolvidas pela Associação de Professores de Espanhol do Estado de Pernambuco (APEEPE), elaboração de projetos e festivais de Língua Espanhola, além da elaboração de material didático que atendeu a cerca de dez mil alunos das escolas municipais. Embora as formações se constituam como um espaço de construção e divulgação de saberes, desafios emergiram das discussões semanais tais como a necessidade da construção de um núcleo de línguas, implementação do ensino de Espanhol em todos os anos do Ensino Fundamental e concurso públicopt_BR
dc.description.sponsorshipUNILA­-UNIOESTEpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUNILApt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectFormação - docênciapt_BR
dc.subjectCabo de Santo Agostinho (PE) - Brasilpt_BR
dc.titleFormação continuada para professores de Espanhol do município do Cabo de Santo Agostinho, Pernambucopt_BR
dc.typeconferenceObjectpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record