A Mercocidade de Foz do Iguaçu: Urbanização, Novo Regionalismo e os Fluxos Transfronteiriços da Tríplice Fronteira Argentina-Brasil-Paraguai

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-03-05

Autores

Silva, Pedro Lucas Gil

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

O contexto atual, marcado pela consolidação de um novo estágio do capitalismo, apresenta novas formas de relação com o espaço geográfico. A mundialização do capital, apoiada em uma rede global que depende da manutenção dos fluxos de capitais, de mercadorias, de pessoas e de informação, institui um novo paradigma produtivo. Na esteira dessas mudanças surgem novos sujeitos na política internacional, como instituições mundiais, organizações não-governamentais e as empresas transnacionais, fazendo com que o Estado tenha seu papel redefinido em instâncias específicas. Frente a isso, os lugares, cidades e regiões cada vez mais ganham autonomia para se projetarem globalmente, uma vez que são eles os pontos que compõem essa rede. Esse processo marca novas formas de regionalização, articuladas para garantir a fluidez e o pleno funcionamento do sistema como um todo. Daí a importância das regiões de fronteira, que possibilitam o trânsito desses fluxos, que necessitam estar alheios aos limites territoriais dos Estados. Tendo como objeto a região da Tríplice Fronteira entre Argentina-Brasil-Paraguai, a presente pesquisa visa analisar os fatores de articulação e desarticulação fundamentais para esse arranjo. Propomos, para isso, uma comparação entre a região material, marcada pela conurbação dos municípios de Foz do Iguaçu (BR), Puerto Iguazu (ARG) e Ciudad del Este (PY), e a Rede de Mercocidades, iniciativa nascida no bojo de discussões sobre a atuação governos locais no MERCOSUL, uma rede virtual que conecta mais de 300 cidades em toda a América do Sul.

Descrição

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Integração Contemporânea da América Latina da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Mestre em Integração Latino-Americana.

Palavras-chave

Geopolítica; Urbanização; Novo Regionalismo; Planejamento Estratégico; Integração Regional.

Citação