Os Mbyas-Guarani - Uma visão politica e social

Imagem de Miniatura

Data

2012-06-05

Autores

Francisquini, Gilson Cesar
Martinez Rojas, Modesta Maria
Fernandes, Catarina da Costa

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

Os Mbyas, tribo Guarani da região de fronteira que vive em Ciudad del Este - Paraguay apresentam uma organização politica de igualdade, vivendo em aldeias, onde são preservadas em seu habitat natural. O Chefe ou Mburuvicha é eleito através de eleições em que os candidatos devem cumprir requisitos como ter o conhecimento, valores, serviços e competências linguísticas (bilíngue), devendo ser carismático e respeitado pela tribo. Em matéria de distribuição de terras pelo Estado são distribuídos igualmente entre as famílias onde todos cuidam do jardim e cultivo de alimentos principalmente realizado pelas mulheres e donas de casa. Os homens estão envolvidos na pesca e na caça de animais selvagens da região. A questão educacional se identifica mais com a cultura Guarani, podendo citar que em algumas tribos são apoiadas pelo governo, são oferecidos professores treinados para ensinar a população indígena. A língua guarani é ensinada e passada no seio da família como um elemento primordial da preservação da língua, através da qual são identificados e caracterizados. Com o passar do tempo muitas coisas se perderam nas aldeias, por exemplo, modo de construção de suas ocas (casa construída pelos índios) e tipos de disposição e formas de construção dentro da tribo. Em muitos casos de construções a mitologia guarani esta muito presente. Mas, infelizmente o Homem Branco tem uma influencias muito forte nos costumes indígenas modificando o modo d e pensar e agir dos índios. Na parte econômica de cada família ou grupos de indígenas são determinadas um terreno fértil para o cultivo, especialmente algodão, milho, mandioca, abobora, feijão, batata, tabaco e medicamentos fitoterápicos, dedicando também à cerâmica e ao artesanato, fabricam vestidos rústicos, ornamentos como colares, pulseiras de sementes e penas de animais silvestres. Constroem suas próprias embarcações como, por exemplo, as canoas. Celebram seus rituais através de danças, musicas e orações, acreditando que os Xamãs podem cura-los de doenças e maldições. Os Mbyas preferem viver ao lado de rios de onde podem tirar seus alimentos e preservar suas crenças e por isso é proibido que Mbyas se casem com índios de outras tribos ou com homem branco, sendo excluído da tribo caso isso aconteça. Atualmente esta decorrente modificação nessas tribos são temas muito importante para discussões em varias instancias mais para isso é significativo sabermos essas principais modificações e suas causas.

Descrição

Anais do I Encontro de Iniciação Científica e de Extensão da Unila – Extensão: Grupo temático “Águas da Integração” - 05/06/12 - 08h00 às 18h00 - Unila-Centro - Salas 10 e 11 - 2o Piso

Palavras-chave

Mbyas, Guarani - grupo étnico, Ciudad del Este - Paraguay, Guarani - Língua

Citação