O que aconteceu com as pessoas? A ditadura nos livros didáticos de História

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-11-23

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

O artigo apresenta os resultados de uma pesquisa realizada sobre a participação de civis na abordagem da última ditadura brasileira em livros didáticos de História, que circularam no país durante o final do regime e nas primeiras décadas do século XXI. O objetivo é refletir sobre a construção de memórias sobre o período e suas implicações na atualidade, tomando como referência os estudos de Elizabeth Jelin, Michael Pollack e Jörn Rüsen sobre memória, trauma, luto e perdão. Destaca-se que as narrativas que ocultam a participação da sociedade civil durante a última ditadura brasileira escondem os traumas que permanecem latentes na sociedade atual. Com isso, nega-se aos sujeitos, vítimas e algozes, a possibilidade realizar um “luto histórico”, onde poderiam reconhecer o passado traumático como parte de sua própria história ou identidade.
This article presents the results obtained from a research about the involvement of civilians in the approach of last Brazilian dictatorship in high school history textbooks that circulated in the country during the end of the regime and in the first decades of the 21 st century. The objective is to reflect upon the memory construction about the period and its implications these days, based on the studies of Elizabeth Jelin, Michael Pollack and Jörn Rüsen about memory, trauma, mourning and forgiveness. It is important to stand out that the narratives that conceal the participation of civil society during the last Brazilian dictatorship hide the traumas that remain latent in today's society. In this way, victims and executioners are denied the possibility of "historical mourning", where they could recognize the traumatic past as part of their own history or identity

Descrição

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Instituto Latino-Americano de Arte, Cultura e História da Universidade Federal da Integração Latino- Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Bacharel em Antropologia – Diversidade Cultural Latino-Americana.. Orientadora: Prof. Doutora Juliana Pirola da Conceição Balestra

Palavras-chave

Ditadura, Livro didático, Ensino de história

Citação

SILVA, Rogério Anderson. O que aconteceu com as pessoas? A ditadura nos livros didáticos de História. 2018. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (História Grau Licenciatura) – Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Foz do Iguaçu, 2018.