Implicações da variação linguística no ensino e aprendizagem do português Língua Estrangeira

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-08

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

UNILA

Resumo

A variação linguística é um grande desafio no ensino e aprendizagem do português língua estrangeira (PLE), tanto na língua falada quanto na escrita. As dificuldades de expressão se revelam ao falar ou escrever quando o estudante compreende o que se fala, mas não consegue escrever ou escreve e não entende a fala. Ocorre frequentemente o aluno procurar no dicionário uma palavra que ouviu e encontrar outra que não corresponde àquela que ouviu, ou mesmo, não a encontrar. Portanto, há duas dimensões que precisam ser observadas a escrita e a fala. O objetivo da pesquisa é sugerir o ensino de palavras ou expressões da oralidade que provocam problemas de interpretação e por falta de entendimento de como são escritas, dificultando consultar o dicionário. A realização desse trabalho é relevante porque no diaadia da sala de aula, os estudantes trazem dúvidas que são causadas pelo uso de variações na língua falada. A metodologia utilizada é a pesquisa bibliográfica e análise de exemplos coletados de dúvidas apresentadas pelos estudantes em aquisição do PLE. Os principais autores que fundamentam a pesquisa são: Leffa (1999), Scherre (2005), Almeida Filho (2007), Moura (2007), Labov (2008), Martínez (2009), entre outros

Descrição

IX Congresso Brasileiro de Hispanistas realizado nos dias 22 a 25 agosto 2016

Palavras-chave

Variações linguísticas, Língua estrangeira

Citação