Show simple item record

dc.contributor.advisorOrientação
dc.contributor.authorMello, Jocemir Falcão de
dc.date.accessioned2022-05-02T16:56:59Z
dc.date.available2022-05-02T16:56:59Z
dc.date.issued2022
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/6579
dc.descriptionDissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Desenvolvimento da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Mestra em Políticas Públicas e Desenvolvimento.pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho tem por escopo investigar os motivos sociais e econômicos que culminaram no desenvolvimento das ocupações irregulares Jardim São Paulo, Jardim São Luiz e Jardim Guarapuava, localizadas ao longo do rio Mimbi no município de Foz do Iguaçu, Paraná, e analisar como a população local se mobiliza em prol de seus direitos, para, então, sugerir a implementação de políticas públicas e ações destinadas a solução dos problemas existentes. Para tanto, essa dissertação busca responder a seguinte pergunta: como a comunidade das ocupações irregulares vem se mobilizando e se organizando para tentar melhorar a qualidade de vida das pessoas que lá residem? Como pressuposto tem-se que a população vem buscando alternativas para cobrir a ausência do poder público, se organizando ou se associando em pequenos grupos de moradores para resolver os problemas econômicos e sociais da comunidade. Não obstante, pressupõe-se, também, que diante dos problemas identificados nas comunidades, a Prefeitura Municipal foi ineficiente, ao longo do tempo, em planejar, organizar, idealizar políticas e promover ações para melhorar qualidade de vida da população de baixa renda. Assim, para verificar os pressupostos, tem-se como objetivo geral estudar de que maneira a comunidade se mobiliza e se organiza em prol dos seus direitos, haja vista que isso pode influenciar na criação de políticas públicas destinadas a atender e a melhorar a qualidade de vida dos residentes. Para cumprir esse objetivo são realizadas entrevistas com as lideranças e com pessoas com residência há mais tempo nas comunidades (moradores mais antigos) e, depois, utiliza-se a metodologia de análise do discurso para criar categorias sintetizadoras e transformar as percepções em gráficos. Como resultados principais apurou-se que as mobilizações e associativismos praticados na comunidade possuem caráter de assistencialismo baseados em ajudar o próximo nos momentos em que a comunidade se vê sem alternativa. Aqui, cabe destacar que as iniciativas que partem dos moradores servem de motivação para que assumam seus papeis e interfiram nas decisões que afetam a vida do coletivo. No que tange à comunidade, comprovou-se a ineficiência da prefeitura em atender as demandas da população que ocupou irregularmente as margens do Rio Mimbi.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectOcupações Irregularespt_BR
dc.subjectMobilização socialpt_BR
dc.subjectPolíticas Públicaspt_BR
dc.titleMobilizações Sociais e Associativismo como Fatores de Desenvolvimento nas Comunidades de Foz do Iguaçu – PR: Estudo de Caso nas Ocupações Irregulares ao Longo do Rio Mimbipt_BR
dc.typemasterThesispt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record