Integração na América do Sul: o papel estratégico do Gran Chaco

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-12-28

Autores

Feres, Carla

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

O objetivo deste trabalho será apresentar uma releitura sobre papel da região do “Gran Chaco”, apontando-o como pilar para a construção da integração sul-americana. Nesse trabalho, o “Gran Chaco” corresponde à área que envolve a Bolívia, o Paraguai, o norte da Argentina e os estados brasileiros do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. Para tanto, a pesquisa será dividida em três capítulos. No primeiro, trabalharemos com o arcabouço teórico da Economia Politica Internacional e da Geopolítica com o fim de entender a dinâmica do Sistema Internacional e realizar uma releitura dos conceitos “Gran Chaco”, “Heartland”, “Triângulo Estratégico”, “Maciço Boliviano” e “Área de Soldadura” desde uma óptica sul-americana. Por sua vez, o propósito do segundo capítulo será descrever o processo de integração da América do Sul pela perspectiva do Cone Sul, em contraste com a perspectiva Andina, desde mediados do século XX até 2019. Por fim, o terceiro capítulo buscará mapear as iniciativas de Integração de Infraestrutura promovidas entre 2000 e 2019 na área do Gran Chaco a partir dos Eixos IIRSA: Interoceânico Central, Hidrovia Paraná-Paraguai e Capricórnio. O objetivo será investigar os projetos que modificam ou poderiam modificar os rumos da integração sul-americana a partir do Gran Chaco e contribuir para amenizar a condição mediterrânea da Bolívia.

Descrição

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Instituto Latino-Americano de Economia, Sociedade e Política da Universidade Federal da Integração Latino- Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Bacharel em Ciências Econômicas – Economia, Integração e Desenvolvimento.

Palavras-chave

Gran Chaco. América do Sul. Geopolítica. Integração Regional. Integração de Infraestrutura

Citação