Show simple item record

dc.contributor.advisorAlmendra Filho, Dinaldo Sepúlveda
dc.contributor.authorSouza, Lucas Henrique de
dc.date.accessioned2019-01-11T11:35:14Z
dc.date.available2019-01-11T11:35:14Z
dc.date.issued2018-08-14
dc.identifier.citationSOUZA, Lucas Henrique. Desvios pela memória: as relações entre testemunho, ficção e documentário em Los rubios e Branco sai, Preto fica. 2018. 125 f. Dissertação de mestrado (Programa de pós-graduação em Literatura Comparada) – Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Foz do Iguaçu, 2018pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/4313
dc.descriptionDissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Literatura Comparada da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Mestre em Literatura Comparada. Orientador: Prof. Dr. Dinaldo Sepúlveda Almendra Filhopt_BR
dc.description.abstractO objetivo desta dissertação é investigar as relações entre memória, documentário e ficção no cinema argentino e brasileiro, tomando como objeto de estudo documentários que efetuam em suas narrativas a figuração da memória no liame com a ficção. São eles: Los rubios (2003), de Albertina Carri, e Branco sai, Preto fica (2014), de Adirley Queirós. Ambas obras têm na fabulação da memória a sua concepção estética e política, de maneira que, encarnam e evidenciam a questão em debate. Nesse sentido, o movimento de muitos documentários contemporâneos em direção à ficção promove um horizonte de renovação à forma documental, questionando princípios basilares de sua tradição, como por exemplo, o discurso de sobriedade do documentário frente a outras formas cinematográficas. Diante deste contexto, estudamos a capacidade da memória em possibilitar novas negociações entre o documentário e a ficção, de facilitar contaminações com outras linguagens ou desencadear desvios, sobretudo através da encenação de experiências traumáticas.pt_BR
dc.description.abstractEl objetivo de esta disertación es investigar las relaciones entre memoria documental y ficción en el cine argentino y brasileño, tomando como objeto de estudio documentales que efectúan en sus narrativas la figuración de la memoria en el liame con la ficción. Son ellas: Los rubios (2003), de Albertina Carri, y Branco sai, Preto fica (2014), de Adirley Queirós. Ambas obras tienen en la fabulación de la memoria su concepción estética y política, de manera que, encarnan y ponen de manifiesto la cuestión en debate. En este sentido, el movimiento de muchos documentales contemporáneos hacia la ficción promueve un horizonte de renovación a la forma documental, cuestionando principios básicos de su tradición, como por ejemplo el discurso de sobriedad del documental frente a otras formas cinematográficas. En este contexto, estudiamos la capacidad de la memoria para posibilitar nuevas negociaciones entre el documental y la ficción, de facilitar contaminaciones con otros lenguajes o desencadenar desvíos, sobre todo a través de la puesta en escena de experiencias traumáticas
dc.description.abstractThe purpose of this dissertation is to investigate the relations between memory and documentary, and fiction in Argentinean and Brazilian cinema, taking as object of study non-fiction film that effect in their narratives the figuration of memory in the relationship with fiction. Are they: Los rubios (2003), of Albertina Carri, and Branco sai, Preto fica (2014), of Adirley Queirós. Both works have in the fable of memory their aesthetic and political conception, so that they embody and evidence the question under debate. In this sense, the movement of many contemporary documentaries towards fiction promotes a horizon of renewal the documentary form, questioning the basic principles of his tradition, such as the documentary's sobriety discourse against other cinematographic forms. In this context, we study the capacity of memory to enable new negotiations between documentary and fiction, to facilitate contaminations with other languages or to trigger deviations, especially through the enactment of traumatic experiences
dc.description.sponsorshipCapes e Fundação Araucáriapt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectDocumentário Contemporâneopt_BR
dc.subjectFicção - memória
dc.subjectCinema - Argentina
dc.subjectCinema - Brasil
dc.titleDesvios pela memória: as relações entre testemunho, ficção e documentário em Los rubios e Branco sai, Preto ficapt_BR
dc.typemasterThesispt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record