Show simple item record

dc.contributor.advisorBergamasco, Sonia Maria Pessoa Pereira
dc.contributor.authorQueiroz Neto, Exzolvildres
dc.date.accessioned2016-07-08T21:48:44Z
dc.date.available2016-07-08T21:48:44Z
dc.date.issued2011
dc.identifier.citationQUEIROZ NETO, Exzolvidres. A organização sócio-espacial do uso da terra no município de Oliveira, MG. 119 p. Tese de Doutorado (Pós-Graduação em Engenharia Agrícola) - Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Campinas, SP, 2011.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/559
dc.descriptionTese de doutorado submetida à banca examinadora para obtenção do título de Doutor em Engenharia Agrícola, na área de concentração em Planejamento e Desenvolvimento Rural Sustentável. Orientadora: Profa. Dra. Sonia Maria Pessoa Pereira Bergamasco.pt_BR
dc.description.abstractO espaço é um recurso único e sua disponibilidade ocorre por um processo de vivência e nenhuma atividade humana se pode realizar sem a sua apropriação permanente ou temporária. O espaço rural constitui-se em uma forma-conteúdo complexa objeto de uso herdado do passado, portanto, de forma durável que reúne visões de mundo, elementos simbólicos, materiais e imateriais, natureza, força de trabalho, consumidores, saberes, cultura, normas, contradições, conflitos, contrastes, lógicas, instituições, atores sociais, entre outros, em configurações espaciais diferenciadas, ora fragmentadas, complementares, dinâmicas, adensadas, dispersas, difusas. O trabalho analisa o espaço rural do município de Oliveira em Minas Gerais para além da descrição e da dimensão da racionalidade setorial econômica e procura explicar a organização sócio-espacial da terra em uma perspectiva da complexidade e de articulação das múltiplas variáveis do espaço rural. Neste sentido, procura responder o problema de pesquisa de como famílias de agricultores no espaço rural do município de Oliveira, MG estruturam a organização sócio-espacial da terra, a relação com o ambiente, as ações frente as política públicas, as influências urbanas e a economia. Esta análise compreendeu a dinâmica espacial em seus múltiplos referenciais e escalas. Os objetivos se enredaram pela compreensão, análise e explicação do espaço rural a partir da organização social da terra. Empreendeu-se a análise dos diálogos, das políticas públicas, do ambiente e das ações dos atores sociais envolvidos com o espaço rural do município Adotou-se como método de pesquisa a observação, a entrevista e a análise de fontes secundárias. O espaço rural de Oliveira, MG apresenta processos de modificações e transformações na organização social da terra que englobam desde a trama institucional, os atores sociais, a política, o Estado, o mercado e o ambiente. Por conseguinte, a organização sócio-epacial da terra é uma construção dos atores sociais no cotidiano e em um determinado contexto. Estudar o espaço rural de Oliveira foi um descortinar de reminiscências empíricas em busca do crepúsculo da fragmentação do pensamento.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectRuralidadept_BR
dc.subjectDesenvolvimento ruralpt_BR
dc.subjectEspaço ruralpt_BR
dc.subjectAgricultura familiarpt_BR
dc.subjectPós-Graduação Teses de Doutorado
dc.titleA organização sócio-espacial do uso da terra no município de Oliveira, MG.pt_BR
dc.typedoctoralThesispt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record