Show simple item record

dc.contributor.advisorCiacchi, Érika Marafon Rodrigues
dc.contributor.authorOrgas Maldonado, Mauricio Aniceto
dc.date.accessioned2019-04-01T12:20:36Z
dc.date.available2019-04-01T12:20:36Z
dc.date.issued2019-04-01
dc.identifier.citationORGAS MALDONADO, Mauricio Aniceto. A promoção da saúde na região da tríplice fronteira - Argentina e Paraguai: das políticas às ações. 2018. 80 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Saúde Coletiva) – Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Foz do Iguaçu, 2018
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/4917
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Instituto Latino-Americano de Ciência da Vida e da Natureza da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Bacharel em Saúde Coletiva. Orientadora: Profa Dra. Erika Marafon Rodrigues Ciacchi
dc.description.abstractO presente trabalho de conclusão de curso trata de um estudo que tem como objetivo analisar a importância e a utilização das políticas de promoção em saúde sobre o planejamento, desenvolvimento e implantação de programas e ações deste campo nos serviços de saúde de atenção primária na região da tríplice fronteira Argentina – Paraguai que teve abordagem qualitativa, com objetivo metodológico exploratório, descritivo e comparativo realizado por meio de levantamento bibliográfico, documental e de entrevistas nos países de Argentina e Paraguai. A coleta de dados utilizou roteiros de perguntas para entrevistas, e para a etapa da análise dos resultados foi aplicado a análise de conteúdo de Bardin (2011). Esta pesquisa foi realizada em Puerto Iguazu/Argentina e Ciudad del Este/Paraguai e os participantes foram gestores, profissionais e usuários de saúde. Realizou-se uma análise documental de textos políticos dos dois países envolvidos no estudo. Os resultados apontam que existe uma variação de conceitos teóricos de promoção da saúde na percepção entre gestores, profissionais e usuários de saúde, como também a escassez de programas e ações de promoção da saúde na região da tríplice fronteira devido à prevalência de ações de caráter mais preventivista. Nota-se também a importância da existência de uma política nacional de promoção da saúde na Argentina para nortear as ações que são realizadas nos serviços e comunidades.pt_BR
dc.description.abstractThis undergraduate thesis is a study that aims to analyze the importance and use of Health Promotion Policies on the planning, development and implementation of programs and actions on the Primary Health Care Services in the Triple Frontier Region. Argentina-Paraguay. This study had a qualitative, comparative, descriptive and exploratory approach, accomplished by a bibliographical survey and interviews in the two countries. Data collection was made using a semi-structured recorded interview, following a script prepared by the study author. In order to manage data, it was used the analysis of content based in Bardin (2011). The participants of this research, conducted in Puerto Iguazu/Argentina and Ciudad del Este/Paraguay, were health professionals, managers and users of the services. A documentary analysis of political texts of both countries involved in the research was made. The results show that there is a variation of theoretical concepts of health promotion in the perception among health professionals, managers and users of the services, as well as the scarceness of programs and actions of Health Promotion in the Triple Frontier Region, due to the prevalence of more preventive actions. It should be noted the importance on creating a National Policy of Health Promotion in Argentina to guide the actions that are made on the services and communities
dc.description.abstractEl presente trabajo de conclusión de curso se trata de un estudio que tiene como objetivo analizar la importancia y la utilización de las políticas de promoción en salud sobre la planificación, desarrollo e implantación de programas y acciones de este campo en los servicios de salud de atención primaria región de la triple frontera Argentina - Paraguay que tuvo un enfoque cualitativo, con objetivo metodológico exploratorio, descriptivo y comparativo realizado por medio de levantamiento bibliográfico, documental y de entrevistas en los países de Argentina y Paraguay. La recolección de datos utilizados fueron guiones de preguntas y entrevistas y para el período del análisis de los resultados fue aplicado a análisis de contenido de Bardin (2011). Esta encuesta fue realizada en Puerto Iguazú / Argentina y Ciudad del Este / Paraguay y los participantes fueron gestores, profesionales y usuarios de salud. Se realizó un análisis documental de textos políticos de los dos países involucrados en el estudio. Los resultados apuntan que existe una variación de conceptos teóricos de promoción de la salud en la percepción entre gestores, profesionales y usuarios de salud, así como la escasez de programas y acciones de promoción de la salud en la región de la triple frontera debido a la prevalencia de acciones de carácter más preventivista. Se nota también la importancia de la existencia de una política nacional de promoción de la salud en Argentina para orientar las acciones que se realizan en los servicios y comunidades
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectProgramas de Saúde
dc.subjectTríplice Fronteira (Argentina, Brasil e Paraguai)
dc.titleA Promoção da Saúde na região da Tríplice fronteira Argentina e Paraguai: Das ações às politicaspt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record