Show simple item record

dc.contributor.authorTravessini, Desideri Marx
dc.date.accessioned2015-12-14T14:46:09Z
dc.date.available2015-12-14T14:46:09Z
dc.date.issued2015
dc.identifier.citationTRAVESSINI, Desideri Marx. Educação do campo ou educação rural? Os conceitos e a prática a partir de São Miguel do Iguaçu, PR. 2015. 53 p. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar) – Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), Foz do Iguaçu, 2015.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/383
dc.descriptionTrabalho de conclusão de curso apresentado ao Instituto Latino-Americano de Economia, Sociedade e Política da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), como requisito parcial à obtenção do título de Bacharel em Desenvolvimento Rural e Segurança Alimentar.pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho abordará as práticas pedagógicas desenvolvidas pelas escolas do município de São Miguel do Iguaçu/PR, que recebem a nomenclatura “do campo”, termo vinculado aos ideários do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e apropriado pelo Estado por meio de políticas públicas educacionais para o meio rural. Visto que apesar de muitas escolas receberem tal nomenclatura, sua estrutura tanto física quanto metodológica ainda segue os padrões da educação rural, que de acordo com as referências abordadas no trabalho principalmente por Caldart (2011), não leva em conta a característica do local (LEITE, 1999). Para tal, serão utilizados dados da Secretaria de Educação do Estado do Paraná, legislações e conceitos referentes à educação do campo e rural, entrevistas com alunos e professores do Colégio Estadual do Campo Dom Pedro II.pt_BR
dc.description.abstractEste documento analiza las prácticas pedagógicas desarrolladas por escuelas municipales de São Miguel do Iguaçu/PR, que reciben la nomenclatura del "campo", término ligado a los ideales del Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) y apropiada por el Estado a través de las políticas educativas de las zonas rurales. Desde aunque muchas escuelas reciben tal nomenclatura, su estructura física y metodológico todavía sigue los padrones de la educación rural, que de acuerdo a las referencias en la obra dirigida principalmente Caldart (2011), no tiene en cuenta características del campesino (LEITE, 1999). Para este estudio será utilizado datos de la Secretaría de Estado de Educación de Paraná, las leyes y los conceptos relacionados con la educación rural y del campo, entrevistas con estudiantes y profesores del Colégio Estadual do Campo Dom Pedro II.
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectEducação do campopt_BR
dc.subjectEducação ruralpt_BR
dc.subjectPráticas pedagógicaspt_BR
dc.titleEducação do campo ou educação rural? Os conceitos e a prática a partir de São Miguel do Iguaçu, PR.pt_BR
dc.typebachelorThesis


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record