Show simple item record

dc.contributor.advisorVenegas Marcelo, Hernán
dc.contributor.authorAndersen, Greicy Gonzalez
dc.date.accessioned2018-06-06T17:15:46Z
dc.date.available2018-06-06T17:15:46Z
dc.date.issued2018-04-11
dc.identifier.citationANDERSEN, Greicy Gonzalez. Arquitetura, história e memória: o campo patrimonial no Uruguai e no Brasil (1822-1828/2000-2006). 2018. 168 p. Dissertação de Mestrado ( Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Estudos Latino-Americanos) - Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), Foz do Iguçau, 2018
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/3646
dc.descriptionDissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação Interdisciplinar em Estudos Latino- Americanos da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Mestra em Estudos Latino-Americanos. Orientador: Prof. Dr. Hernán Venegas Marcelopt_BR
dc.description.abstractA conformação do campo patrimonial no Uruguai e no Brasil se inicia décadas antes que as legislações patrimoniais fossem definidas. Este trabalho estuda a conformação do campo patrimonial no Uruguai e no Brasil fundamentalmente, mediante a dimensão material dos bens culturais uruguaios e brasileiros, problematizando conceitos sobre patrimônio cultural, memória social e identidade. Ao mesmo tempo coloca em evidência a constituição de memórias oficiais e identidades “nacionais”, o que nos remete a outras leituras do passado, questionando assim a unicidade memorial na qual se inspiraram as políticas patrimoniais do Estado-Nação no plano da cultura. Apresento um relato sobre o patrimônio no Uruguai e no Brasil, onde os discursos de formação da nação estão intimamente ligados ao campo patrimonial, através da história e arquitetura, em um momento em que estes países estão tentando se estabelecer e criam para si ícones representativos de um passado heroico. Esse relato também caracteriza a inserção do patrimônio na pauta dos poderes públicos no Uruguai e no Brasil e a ampliação mais do que semântica do apelativo cultural do patrimônio no fim do século XX. Estudos de historiadores, escritores, antropólogos e arquitetos permitem elaborar um relato verossímil sobre a conformação do campo patrimonial nas etapas prévia e posterior à institucionalização no século XX. Eis a principal contribuição teórica, identificar a produção científica sobre o tema do patrimônio no Brasil e no Uruguai. Do ponto de vista prático, espera-se que a leitura desta dissertação reforce os laços identitários de países latino-americanos e que seja útil aos gestores culturais e/ou turísticos no âmbito do MERCOSUL.pt_BR
dc.description.abstractThe conformation of the patrimonial area in Uruguay and Brazil begins decades before the patrimonial legislations were defined. This work studies the conformation of the patrimonial area in Uruguay and Brazil fundamentally, through the material dimension of the Uruguayan and Brazilian cultural heritage, problematizing concepts about cultural patrimony, social memory and identity. At the same time it highlights the constitution of official memories and "national" identities, which brings us back to other readings of the past, thus questioning the uniqueness of the memorial on which the patrimonial politics of the nation-state were based on culture. I present an account of the heritage in Uruguay and Brazil, where the formation discourses of the nation are closely linked to the patrimonial area, through history and architecture, at a time when these countries are trying to establish themselves and create for themselves icons representative of a heroic past. This report also characterizes the how was incorporation of cultural heritage into public policies in Uruguay and in Brazil and the extension more than semantics of the cultural appellation of the heritage in the end of the 20th century. Studies by historians, writers, anthropologists and architects allow us to elaborate a plausible account of the conformation of the patrimonial area in the stages before and after institutionalization in the 20th century. This is the main theoretical contribution, to identify the scientific production on the theme of heritage in Brazil and Uruguay. From a practical point of view, it is expected that the reading of this dissertation reinforces the identity ties of Latin American countries and that it will be useful to cultural and / or tourist managers within MERCOSUR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectPatrimônio Culturalpt_BR
dc.subjectArquitetura - Brasilpt_BR
dc.subjectArquitetura - Uruguaipt_BR
dc.subjectArquitetura - Históriapt_BR
dc.subjectArquitectura - Brasilpt_BR
dc.subjectArquitectura - Uruguaipt_BR
dc.subjectArquitectura - Históriapt_BR
dc.titleArquitetura, história e memória: o campo patrimonial no Uruguai e no Brasil (1822-1828/2000-2006)pt_BR
dc.typemasterThesispt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record