Show simple item record

dc.contributor.advisorPereira, Kira​ Santos
dc.contributor.authorTorella, Thayná Stephany de Almeida
dc.date.accessioned2018-04-10T13:29:58Z
dc.date.available2018-04-10T13:29:58Z
dc.date.issued2017
dc.identifier.citationTORELLA, Thayná Stephany de Almeida. ​ O sumiço de Rodrigo S.M.​ : O narrador escondido no filme ‘’A HORA DA ESTRELA’’. pgs. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Cinema e Audiovisual) – Universidade Federal da Integração Latino-Americana, Foz do Iguaçu,​ ​ 2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/3514
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Instituto Latino-Americano de Arte, Cultura e História da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do​ ​ título​ ​ de​ ​ Bacharel​ ​ em​ ​ Cinema​ ​ e ​ ​ Audiovisual. Orientador:​ ​ Profa.​ ​ Ma.​ ​ Kira​ ​ Santos​ ​ Pereirapt_BR
dc.description.abstractA HORA DA ESTRELA ​ (1977) obra literária de Clarice Lispector é conhecida principalmente por seu narrador-personagem Rodrigo S.M., o então alter ego da autora , e como o mesmo se autodenomina um dos personagens principais. Em 1985, a cineasta Suzana Amaral adapta para o cinema a obra da autora ucraniana naturalizada brasileira, onde Rodrigo S.M. é percebido numa diluição na obra fílmica. Por maior que seja a aproximação da segunda obra adaptada com a primeira - e identificamos isso, podemos notar os poucos momentos de afastamento de Amaral em sua obra, da primeira. Importante não somente estabelecermos uma conexão com estratégias fílmicas do que tornou uma obra tão próxima da outra, mas também de estabelecermos conexões do que se foi criado de novo, dos poucos momentos em que não seria Rodrigo S.M. nos contando a história de Macabéa e nem Lispector, mas sim,​ ​ Amaral​ ​ seguindo​ ​ outros​ ​ caminhospt_BR
dc.description.abstractHour of the Star (1977), Clarice Lispector's literary work is known mainly by its narrator-character Rodrigo S.M., then the alter ego of the author, and as the same one calls itself, one of the main personages of the romance. In 1985, the filmmaker Suzana Amaral adapts to the cinema the work of the naturalized Brazilian Ukrainian author, where Rodrigo S.M. is perceived in a dilution in the film work. However great the approach from the second work adapted to the first - and we identify this - we can note the few moments of Amaral's departure from his first work. It is important not only to establish a connection with film strategies that made a work so close to the other, but also to establish connections of what was created anew, the few moments in which it would not be Rodrigo SM telling us the story and​ ​ neither​ ​ Lispector,​ ​ but​ ​ Yes,​ ​ Amaral​ ​ following​ ​ other​ ​ ways
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectCinema brasileiropt_BR
dc.subjectSuzana Amaral (1932-) - cineasta e roteirista brasileirapt_BR
dc.subjectA Hora da Estrela (1977) - romance brasileiropt_BR
dc.subjectClarice Lispector (1920-1977) - escritora brasileirapt_BR
dc.titleO sumiço de Rodrigo S.M.​: o narrador escondido no filme ‘’A Hora da Estrela’’pt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record