Show simple item record

dc.contributor.advisorToledo Junior, Rubens de
dc.contributor.authorSilva, Elias Gomes da
dc.date.accessioned2018-04-09T12:51:23Z
dc.date.available2018-04-09T12:51:23Z
dc.date.issued2017-11-30
dc.identifier.citationSILVA, Elias Gomes da. O complexo portuário de SUAPE e suas implicações para o Município de Ipojuca. 2018. 88 p. Trabalho de conclusão de curso (Bacharel em Geografia) - Universidade Federal da Integração Latino-Americana - Unila, Foz do Iguaçu, 2018
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/3510
dc.descriptionMonografia apresentada à disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso II vinculada ao Instituto Latino-Americano de Tecnologia, Infraestrutura e Território da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Bacharel em Geografia. Orientador: Prof. Dr. Rubens de Toledo Junior
dc.description.abstractEste trabalho busca entender as transformações territoriais pelas quais passa o município do Ipojuca localizado no Estado de Pernambuco-Brasil. Transformações estas relacionadas ao advento do período técnico-científico-informacional. Procurou-se compreender como as normas impostas verticalmente pelos agentes hegemônicos foram se articulando para adequar o território às necessidades do mercado. A pesquisa foi desenvolvida a partir de levantamento bibliográfico e de visitas a este município para o entendimento dos papéis desenvolvidos pelos diversos elementos que fazem parte desse processo possibilitando a compreensão de sua dinâmica socioterritorial. O estudo mostra que as profundas transformações que reconfiguram o território do Ipojuca se intensifica a partir de 1975 com a implantação do Complexo Industrial Portuário do Suape (CIPS) que gerou conflitos relativos ao uso e ocupação do solo. Observou-se que a comunhão entre Capital e Estado criou as condições necessárias para a instalação de um novo sistema técnico representado pelo CIPS, e normas que garantiram a adequação deste território ao imperativo do mercado, tendo como consequência um processo desigual de divisão do território. Uma das consequências das ações deste megaempreendimento foi a expulsão das comunidades locais que ali residiam a mais de 200 anos e que foram obrigadas a ocupar parte deste território com a construção de favelas e palafitas. Por outro lado, os agentes econômicos imobiliários, através de financiamentos públicos, modernizam parcelas deste território com a construção de projetos urbanisticos denominados ‘Bairros Planejados’. Esta dinâmica, opondo de um lado a população que mora em ocupações irregulares e, do outro, aquelas com melhores poderes aquisitivo está ampliando a segregação socioterritorial. A relação entre os agentes hegemônicos do capital nacional e internacional utilizando-se intensivamente da técnica, da ciência e da informação e os diversos entes do Estado vai impondo uma lógica corporativa onde o espaço é visto apenas pelo seu valor de troca negligenciando seu valor de uso. Desta maneira, tanto o sistema técnico, quanto o normativo, constituíram-se como fatores de ampliação das desigualdades e das vulnerabilidades sociais e territoriais observadas no município do Ipojuca.pt_BR
dc.description.abstractThis study aims to understand the territorial transformations that is related to the advent of scientific-technical-information period, through which Ipojuca town has been undergone. Ipojuca is located in Pernambuco State, in Brazil. We have tried to understand how the standards imposed by hegemonic agents have been vertically articulated to suit the territory to the market needs. As a methodological design, this research has been developed from bibliographic survey and visits to Ipojuca in order to understand the roles played by several elements that are part of this process, thus, enabling the comprehension of its social and territorial dynamics. The study also shows that the profound transformations that refigure the territory of Ipojuca started in 1975 with the implementation of the Industrial Port Complex of Suape (IPSC) which generated conflicts, concerning the use and occupation of the soil. It has been observed that the connection between the Capital and the State created the conditions necessary for the installation of a new technical system represented by the IPSC, as well as standards that ensured the adequacy of this territory to the imperative of the market. Thus, it has resulted in an exclusive process of the division of territory. One of the consequences of the actions of this mega-enterprise was the expulsion of the local communities who had lived there more than 200 years and were forced to occupy part of this territory with the construction of slums and stilts. On the other hand, the economic agents, through public funding, modernized portions of this territory with the construction of urban projects, such as, “Planned Neighborhoods”. This dynamic made oppositions when it comes to the fact that, on one side, the population is living in irregular land occupations and, on the other hand, those with better economical power is expanding the social and territorial segregation. The relationship between the hegemonic agents of the national/international capital have been using the technique, science and information intensively, as well as the various State entities in their favor to impose the logic business where space is only seen by its exchange value, neglecting its value in use. Thus, it has been noted that both the technical and the legal system have been seen as factors that increase the of social and territorial inequalities and vulnerabilities which have been observed in Ipojuca town
dc.description.abstractEste estudio intenta comprender las transformaciones territoriales que se relacionan com el advenimiento del período de información científico-técnica, através de la cual la ciudad del Ipojuca ha sido experimentada. Ipojuca se encuentra em estado de Pernambuco, en Brasil. Hemos tratado de entender cómo las normas impuestas por los agentes hegemónicos han sido verticalmente articuladas para adaptarse el territorio al necessidades del mercado. Como un diseño metodológico, esta investigación se ha desarrollado del estudio bibliográfico, así como las visitas a Ipojuca ciudad para entender las funciones desempeñadas por vários elementos que forman parte de este proceso, por lo tanto, lo que permite la comprensión de su dinámica social y territorial. El estudio también muestra que las profundas transformaciones que reconfiguraran el territorio de Ipojuca comenz em 1975 com la puesta em práctica de los industriales complejas de Suape(IPSC) que genera conflictos, sobre el uso y ocupación del suelo. Se ha observado que la conexión entre la Capital y el estado creó las condiciones necesarias para la instalación de un nuevo sistema técnico representado por el IPSC, así como normas que garantice la idoneidad de este territorio al imperativo del mercado. Así, ha resultado em un proceso exclusivo de la división del territorio. Una de las consecuencias de las acciones de este megaemprendimiento fue la expulsión de las comunidades locales que habían vivido allí más de 200 años y se vieron obligados a ocupar parte de este territorio com la construcción de bairros de tugurios y zancos. Por outra parte, los agentes económicos, através de financiación pública, modernizan las porciones de este territorio com la construcción de proyectos urbanos, tales como,“Planeó Barrios”. Esta dinámica hizo oposiciones cuando se trata el hecho de que, por un lado, la población está viviendo en las ocupaciones irregulares de tierra y, por otro lado, aquellos con más poder económico se expande la segregación social y territorial. La relación entre los agentes hegemónicos del capital nacional y internacional han estado utilizando la técnica, la ciencia y la información intensivo, así como de las diversas entidades del estado a su favor para imponer el negocio de la lógica donde espacio es visto sólo por su valor de cambio, dejar de lado su valor de uso. Así, se ha observado que la técnica y el ordenamiento jurídico se han visto como factores que aumentan las desigualdades sociales y territoriales y las vulnerabilidades que se han observado en la ciudad de Ipojuca
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectSistema técnicopt_BR
dc.subjectSistema normativo
dc.subjectIpojuca (PE) - Brasil
dc.titleO complexo portuário de SUAPE e suas implicações para o Município de Ipojucapt_BR
dc.typebachelorThesispt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record