Show simple item record

dc.contributor.authorTomazini, Elizabete Cristina de Souza
dc.contributor.authorBrandino, Sirlene Angélica Silva
dc.date.accessioned2018-01-30T16:11:36Z
dc.date.available2018-01-30T16:11:36Z
dc.date.issued2014-10
dc.identifier.issn2316-8285
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/3298
dc.descriptionAnais do II Seminário Seminário Estadual PIBID do Paraná: tecendo saberes / organizado por Dulcyene Maria Ribeiro e Catarina Costa Fernandes — Foz do Iguaçu: Unioeste; Unila, 2014pt_BR
dc.description.abstractIsabel Barca afirma que uma das “maiores potencialidades da História é a consciência da profundidade que ela proporciona a quem procura compreender o mundo” (BARCA, 2012). Por isso, superar o ensino dos fatos históricos, sem problematização e que não prioriza a análise de diferentes ângulos é hoje um dos grandes desafios proposto ao professor da disciplina. Portanto, nesta apresentação pretendemos abordar esta questão tendo como objeto de análise os capítulos das narrativas dos livros didáticos sobre a Ditadura Militar no Brasil (1964-1985) adotados pelas escolas onde atuam os professores supervisores do PIBID/História/UEL. O referencial teórico para esta analise terá como suporte os estudos da Educação Histórica sobre os manuais didáticos e as propostas de ensino de Jorn Rusen(1987) e Isabel Barca(2004)pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeicoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUnilapt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectDitaduras militares - Brasilpt_BR
dc.subjectEducação - manuais didáticospt_BR
dc.subjectEducação históricapt_BR
dc.title“É proibido proibir: o que contam os livros didáticos utilizados pelos supervisores do Pibid/história/UEL sobre a ditadura militar brasileira”pt_BR
dc.typeconferenceObjectpt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record