Show simple item record

dc.contributor.advisorOliveira, Renata Peixoto de
dc.contributor.authorAntunes, Roberta Pacheco
dc.date.accessioned2018-01-04T16:58:23Z
dc.date.available2018-01-04T16:58:23Z
dc.date.issued2018-01-04
dc.identifier.citationANTUNES, Roberta Pacheco. Brasil e Venezuela: do desinteresse mútuo aos acordos bilaterais. 2017. 173 p. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós-Graduação em Integração Contemporânea da América Latina) - Universidade Federal da Integração Latino- Americana, Foz do Iguaçu, 2017pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.unila.edu.br/123456789/3138
dc.descriptionDissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Integração Contemporânea da América Latina da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, como requisito parcial à obtenção do título de Mestra em Integração Latino-Americana. Orientadora: Prof. Doutora Renata Peixoto de Oliveirapt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho analisa as relações bilaterais Brasil-Venezuela, mormente, como e quando estas relações se desenvolveram, em que intensidade, por meio de quais projetos e até que ponto tais projetos se concretizaram ou não. Verifica-se a influência dos regimes políticos dos dois países neste processo de relacionamento, seja por meio de suas Constituições Federais, sua política externa, o papel regional desempenhado e sua inserção internacional. Busca-se compreender como se desenvolveram as relações bilaterais entre Brasil e Venezuela no período compreendido desde a década de 1950 até 2010, com ênfase no lapso temporal entre 1999 e 2010, tendo como hipótese o desenvolvimento das referidas relações bilaterais em movimento pendular, balançando em paralelo às ondas integracionistas latino americanas, ora se avançando no processo de integração entre os dois países, ora se retrocedendo.pt_BR
dc.description.abstractEl presente trabajo analiza las relaciones bilaterales Brasil-Venezuela, moralmente, cómo y cuándo estas relaciones se desarrollaron, en qué intensidad, por medio de cuales proyectos y hasta qué punto tales proyectos se concretar o no. Se verifica la influencia de los regímenes políticos de los dos países en este proceso de relación, ya sea a través de sus Constituciones Federales, su política exterior, el papel regional desempeñado y su inserción internacional. Se busca comprender cómo se desarrollaron las relaciones bilaterales entre Brasil y Venezuela en el período comprendido desde la década de 1950 hasta 2010, con énfasis en el lapso temporal entre 1999 y 2010, teniendo como hipótesis el desarrollo de las referidas relaciones bilaterales en movimiento pendular, paralelo a las ondas integracionistas latinoamericanas, ahora avanzando en el proceso de integración entre los dos países, ora retrocediendo
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsopenAccess
dc.subjectBrasilpt_BR
dc.subjectVenezuelapt_BR
dc.subjectOndas de integraçãopt_BR
dc.subjectAcordos bilateraispt_BR
dc.subjectIntegração regionalpt_BR
dc.titleBrasil e Venezuela: do desinteresse mútuo aos acordos bilateraispt_BR
dc.typemasterThesispt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record